QUEM VAI?

“Não tenho cogitado”, diz Maguito sobre disputar prefeitura de Goiânia, caso Iris não vá

Ex-governador se dizer muito tranquilo e "muito calado, a respeito deste assunto"


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 10/05/2020 às 16:03:53

Maguito Vilela (Foto: Reprodução)
Maguito Vilela (Foto: Reprodução)

Existe uma incógnita a respeito da candidatura do prefeito Iris Rezende (MDB) na disputa à reeleição, em Goiânia. E diante da retirada do nome do emedebista, outra liderança dentro do partido ganha destaque: Maguito Viela.

Apesar disso, o ex-governador e ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, que tem registro eleitoral em Goiânia, afirma que não tem pensado no assunto. “Não tenho cogitado”, diz ao Mais Goiás em uma conversa breve por telefone.

Maguito, que pediu para falar em outro horário, diz estar muito tranquilo “e muito calado, a respeito deste assunto”. Apesar da evasiva, o emedebista é frequentemente lembrado.

Cristiano Cunha, pré-candidato do PV, disse recentemente ao Portal que a candidatura de Iris não está tão certa. “O substituto natural seria o ex-governador Maguito Vilela, mas tenho ouvido falar que pode ser o Paulo Ortegal (secretário de Governo)”, cita, também, uma segunda alternativa.

O deputado estadual Virmondes Cruvinel, que deve disputar o paço pelo Cidadania, não vê Iris fora da disputa, mas lembra de Maguito. “O nome já é certo, deve ser ele [Iris], apesar de especulações em torno de Maguito.”

Iris Rezende

A presença de Iris não é uma certeza. O emedebista não fala claramente sobre o assunto. O que para Paulinho Graus, pré-candidato do PDT, é o padrão do atual prefeito de Goiânia.

Segundo o pedetista, o emedebista é, sim, pré-candidato. “Ele não fala, mas pelo comportamento dele [sim]”, avalia.

Por sua vez, o ex-líder de Iris na Câmara municipal, Oseias Varão (PP), diz ter convicção de que o prefeito não disputará a reeleição. ““Está muito claro para mim que ele não é candidato. A questão agora é: o que vamos fazer depois do Iris? Quem vai suceder o Iris? Esta é a grande pergunta. Iris fez o melhor mandato possível. Agora é preciso avançar. E a impressão é de que a esmagadora maioria dos nomes colocados são apenas mais do mesmo.”


Publicidade