ELEIÇÃO | GOIÂNIA

Elias Vaz escolhe Paulinho Graus para vice e procura Rede, de Maria Ester

Aliança foi decidida em âmbito nacional, por meio do presidente pedetista Carlos Lupi


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 14/09/2020 às 14:10:40

(Fotos: Divulgação)
(Fotos: Divulgação)

O pré-candidato à prefeitura de Goiânia e vereador Paulinho Graus (PDT) deve anunciar, antes da convenção do partido (16 de setembro), que será candidato a vice-prefeito de Goiânia na chapa do deputado federal Elias Vaz (PSB). Segundo fontes internas do PDT, a decisão foi imposta em função de um acordo entre o PSB nacional e o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi.

A informação é a de que o vereador não ficou satisfeito. Na última semana, Graus teria conversado com o presidente do MDB estadual, Daniel Vilela, e dito que estava disposto a ser vice de Maguito Vilela (MDB). Mas não vingou. Quem ficou com a vice foi o vereador Rogério Cruz (Republicanos), conforme anúncio feito após reunião do MDB com PRB no domingo (13).

Como não deu certo o projeto de ser vice de Maguito, Graus preferia ser candidato a prefeito. Ocorre que as circunstâncias da política nacional que envolvem PSB e PDT não permitiram.

As alianças municipais entre PSB e PDT fazem parte de um acordo que pretende unir os dois partidos em torno de Ciro Gomes em 2022. Apesar de ter intervido e causado insatisfação em Goiânia, o presidente Carlos Lupi ainda deve participar da convenção local do PDT, mesmo que de forma remota.

De volta a Goiânia e a 2020: como a situação do PSB e PDT já estaria definida, Elias Vaz agora busca o apoio da Rede Sustentabilidade, que tem como pré-candidata Maria Ester de Souza.

Paulinho Graus testou positivo para a Covid-19 na sexta-feira (11).


Publicidade