Do Mais Goiás

Zeca Camargo se une a livraria em campanha de incentivo à leitura no Brasil

A ação seleciona obras de temas atuais e propõe descontos na hora da compra

Zeca Camargo participa de ação com Livraria da Vila
Zeca Camargo realiza ação em parceria com a Livraria da Vila (Foto: Raphael Dias/TV Globo/VEJA)

Com um mundo cada vez mais digital, é comum que crianças tenham contato com celulares e aparelhos tecnológicos cada vez mais cedo. Em contrapartida, o interesse pela leitura acaba sendo desenvolvido em segundo plano, fazendo com que os pequenos não manifestem tanto interesse pelos livros. Visando incentivar a leitura no Brasil, tanto em crianças quanto em adultos, o jornalista e escritor Zeca Camargo, se une à Livraria da Vila, em São Paulo, para a ação #livroéparatodos.

Em parceria com a livraria, Zeca fez uma seleção de livros que ajudam a compreender os tempos atuais e que passam por assuntos necessários, como racismo, fake news e violência digital. Os livros selecionados contam ainda com uma dinâmica especial: ao comprar dois livros da lista, aquele que tiver menor valor ganha ainda 50% de desconto – oferecido pelo próprio jornalista.

A ação foi desenvolvida como resposta à proposta de taxação dos livros, que impede o acesso democrático às obras e à literatura por leitores de classes sociais mais vulneráveis. Segundo Samuel Seibel, presidente da Livraria da Vila, basta observar as Bienais e feiras de livro que acontecem em todo o Brasil, para ver que a população de menor renda tem sim interesse na leitura. O que falta, por vezes, é incentivo e apoio para que os títulos sejam mais acessíveis à essa realidade.

É evidente que para uma grande parcela da população o acesso não é fácil. Por isso mesmo, aumentar o valor do livro aumenta ainda mais essa desigualdade, fazendo crescer o triste abismo cultural. O livro não é um produto de elite. É um recurso ao qual toda a população precisa ter acesso facilitado“, afirma Samuel.

A campanha, que foi idealizada pelo próprio Zeca Camargo, conta com os livros “Pequeno Manual Antirracista”, de Djamila Ribeiro, “A Máquina do Ódio”, de Patrícia Campos Mello, “Quase Normal”, de Zeca Camargo, e “A Morte da Verdade”, de Michiko Kakutani. Os livros podem ser encontrados no site da livraria, por preços acessíveis.

Segundo Zeca Camargo: “Sou pelo livro. Sempre. Pela leitura, pela sabedoria. Por isso a ideia de um imposto para livros me revolta. E me inspira. Inspira a fazer esse gesto simples em parceria com a Livraria da Vila e, por meio de livros, ajudar as pessoas a entenderem o que está acontecendo hoje. Meu desejo é que esses livros e essas ideias se espalhem. Então eu faço questão de pagar metade do segundo livro que cada pessoa comprar. Pra gente ter um Brasil com mais leitura“, ressalta.

A ação acontece exclusivamente no site da Livraria Vila, por este link, e é válida para os primeiros 50 exemplares de cada título da seleção que forem vendidos. Ao final da campanha, serão ao menos 400 livros a mais circulando pelo país e gerando sabedoria e cultura. O envio é feito para todo o Brasil, basta calcular o frete e fazer seu pedido.

Leia também: