Do Mais Goiás

Youtuber bolsonarista Allan dos Santos é alvo da PF nesta terça (16)

Deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) também é atingido. Polícia apura envolvimento de investigados com movimentos antidemocráticos

Aliado de Bolsonaro, Allan dos Santos se intitula dono do
Aliado de Bolsonaro, Allan dos Santos se intitula dono do "maior canal conservador do Brasil" (Foto: reprodução/Internet)

Um dia depois da prisão da extremista Sara Fernanda Giromini, mais conhecida como Sara Winter, a Polícia Federal (PF) tem como alvo o youtuber bolsonarista Allan dos Santos, nesta terça-feira (16); ele teve celular e equipamentos de gravação apreendidos. Ao todo, a corporação cumpre 21 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão, Santa Catarina e Distrito Federal (DF). As ordens também atingem o empresário Luís Felipe Belmonte, financiador do Aliança para o Brasil – partido que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), pretende criar; e o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), aliado do presidente.

As apurações compõem o inquérito sobre atos antidemocráticos no Brasil e a Operação Lume, que quer descobrir a origem de recursos e a estrutura de financiamento de grupos suspeitos da prática de atos contra a Democracia. As ações foram autorizadas pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do caso.

Daniel Silveira sua conta no Twitter para se manifestar. Ele alegou que a Polícia Federal estava no apartamento dele, pelo fato de estar “incomodando algumas esferas do velho poder”.

Daniel Silveira foi um dos alvos de ação da PF nesta terça-feira (16). Foto: Portal da Câmara dos Deputados.

Daniel Silveira foi um dos alvos de ação da PF nesta terça-feira (16). Foto: Portal da Câmara dos Deputados.

“Polícia Federal em meu apartamento. Estou de fato incomodando algumas esferas do velho poder. E cada dia estarei mais firme nessa guerra! Ah! E não nos esqueçamos nunca: #NaoMexamComWeintraub Força & Honra!”, escreveu Silveira, no Twitter. O deputado ainda se mostrou “solidário” ao blogueiro Allan Santos.