Eita

Xand Avião cancela show em Campos Belos de Goiás por falta de pagamento

Nos Stories do Instagram, cantor explicou que estava a caminho do município, mas não chegou ao destino quando soube que o contratante não cumpriu o acordado


Murillo Soares
Do Mais Goiás | Em: 15/07/2019 às 17:13:24

Xand Avião (Foto: Divulgação)
Xand Avião (Foto: Divulgação)

De última hora, o cantor Xand Avião cancelou um show que faria no município de Campos Belos, em Goiás. O artista era uma das atrações da Exposição Agropecuária do Município e alegou, via Stories no Instagram, falta de pagamento do contratante.

“Saímos de Brasília e pousamos em Luís Eduardo Magalhães (BA), cidade a 200 km de Campos Belos”, disse. “Quando cheguei em uma cidade chamada Combinado (TO) para lanchar, a produção me passou que o rapaz não honrou com o que tinha combinado e não havia depositado nem 50% do valor do nosso cachê”, explicou o artista.

Xand afirmou que esteve na cidade das 15h às 17h30 esperando um posicionamento do contratante, sem qualquer resposta. Diante disso, voltou para casa. “Fiquei muito triste, a gente faz o que gosta, mas também precisávamos receber porque tem vários músicos que dependem desse cachê”, sublinhou.

“O que me deixou mais triste não é nem não receber. É a pessoa [contratante] não falar [sobre a impossibilidade de depositar o dinheiro] um dia antes; ou deixar para falar isso praticamente na hora do show”, completou. O cantor disse que tentará tocar em Campos Belos assim que possível.

O que diz o contratante do show?

Em nota, o Sindicato Rural de Campos Belos – responsável pela organização da Exposição Agropecuária – se diz tão vítima quando as pessoas que compraram o ingresso. Assinado pelo presidente da entidade, o texto afirma que o sindicato terceirizou a realização do shows à empresa Servtecc.com, de Goiânia.

O texto segue afirmando que a empresa “deixou de honrar compromissos básicos”, citando que o Sindicato teve de entrar com R$ 30 mil do próprio caixa para que o show do cantor Kleo Dibah ocorresse no evento. A empresa terceirizada, ainda conforme a nota, também teria vitimado hotéis, distribuidoras e fornecedores. “Não satisfeitos, os empresários ‘tomaram fuga’ da cidade”, lê-se.

O presidente do Sindicato Rural informou que tomará todas as medidas cabíveis pelo cancelamento do show de Xand Avião.

Leia a nota do Sindicato Rural de Campos Belos sobre show de Xand Avião

O Sindicato Rural de Campos Belos, na pessoa do seu presidente, Wesley Oliveira, vem a público explicar à sociedade sobre o cancelamento do show musical do cantor “Xand Avião”, previsto para ocorrer neste domingo (14), durante a XXVI Exposição Agropecuária de Campos Belos.

Primeiramente e antes de mais nada pedimos desculpas à sociedade, às pessoas que compraram ingressos e a todos aqueles que de maneira direta ou indiretamente estavam ligadas ao evento.

Sobre o episódio, é importante esclarecer que:

1. O Sindicato Rural de Campos Belos é tão vítima do lamentável episódio, quanto o querido público que comprou os ingressos e sempre confiou na credibilidade desta Instituição.

2. A fim de não utilizar o capital próprio do Sindicato Rural de Campos Belos, que tem uma baixa arrecadação, a entidade tomou a iniciativa de terceirizar a realização dos shows e da comercialização de bebidas à empresa Servttec.com, de Goiânia, especializada na promoção de shows em diversas cidades de Goiás e de outros estados, inclusive na “Festa Euro”, promovida anualmente na capital goiana.

3. Para terceirizar o serviço, o Sindicato Rural formalizou, no início do ano, o contrato com a referida empresa para promover os shows, vendas de ingressos e comercialização de bebidas, inclusive com uma multa por rescisão contratual de R$ 200,000.00 (duzentos mil reais).

4. Ocorre que durante a realização do evento, a empresa e seus funcionários começaram a apresentar uma série de problemas, inclusive de transparência, trazendo uma suposta baixa arrecadação de bilheteria e vendas de bebidas.

5. Atrelado à falta de transparência, a empresa Servttec.com deixou de assumir diversas responsabilidades financeiras, inclusive com a equipe de Rodeio, da montagem do palco e toldos, todas sob sua responsabilidade.

Atenta aos diversos problemas apresentados pela empresa terceirizada, a presidência do Sindicato Rural começou a identificar diversas falhas de gerenciamento.

6. Somado a isso, a Servttec deixou de honrar compromissos básicos, como o pagamento dos artistas. No show de Kleo Dibah, por exemplo, para que o mesmo se concretizasse, o Sindicato teve que depositar do seu próprio capital de giro R$ 30.000 (trinta mil reais), por falta de pagamento, então responsabilidade da empresa Servttec.com.

7. Por fim, neste domingo (14), para um dos shows mais aguardado da festa, o de “Xand Avião”, a empresa voltou a faltar com suas obrigações financeiras. Observando que a apresentação artística não poderia ocorrer, o presidente do Sindicato tomou todas as iniciativas e tentou de todas as formas honrar os compromissos não cumpridos pela empresa junto ao empresário do artista. Infelizmente “Xand Avião teve que voltar ao Aeroporto de Luiz Eduardo Magalhães por falta de acordo.

Ao presidente do Sindicado foi facultado o pagamento de R$ 145 mil, em espécie, em dez minutos. Sem condições de transferência bancária, por ser domingo, e sem acordo (não aceitar cheques ou garantias), o empresário cancelou a apresentação do cantor.

8. É importante esclarecer que a empresa terceirizada também deixou como vítimas, em Campos Belos, diversas empresas, como hotéis, distribuidoras, fornecedores, companhia de rodeios, fogos e dentre outros. Não satisfeitos, os empresários tomaram fuga da cidade, pulando a janela do sindicato, tomando destino ignorado.

9. O presidente do Sindicato e produtores rurais, solidariamente, à vista da fuga dos empresários, uniram-se e arcaram com o pagamento do show de Bia Ferraz e mais uma banda, além da diária do palco, gerador e outros custos, para ao menos finalizar a festa agropecuária com um show com portões abertos.

10. A propósito, o presidente do Sindicato sente muito pelos transtornos e compreende os sentimentos daquelas pessoas que viajaram centenas de quilômetros, foram aos salões, compraram suas roupas e depositaram sua confiança em nossa festa.

11. Dos fatos acima, o Sindicato Rural de Campos Belos comunicou o fato ao Delegado de Polícia, ao Ministério Público de Goiás e procurou os órgãos de imprensa para comunicar os fatos à sociedade, com a máxima transparência.

12. O Sindicato Rural também, por intermédio de seus advogados, estão estudando as medidas judiciais cabíveis para responsabilizar os empresários, assim como as medidas administrativas para a devolução, o mais breve possível, dos valores pagos pelos ingressos.

Wesley Oliveira - Presidente do Sindicato Rural de Campos Belos