Saúde Mental

Wanessa Camargo conta que sofreu de depressão e pânico em 2004

Crises aconteceram durante a divulgação do disco 'Transparente'


Rayana Caetano
Do Mais Goiás | Em: 29/06/2020 às 19:29:13

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Por mais que tenha sido um ano de sucessos e conquistas para Wanessa Camargo, 2004 ficará para sempre marcado na memória da cantora não só por bons motivos.

Ela vivia a era “Transparente” da carreira. Tinha acabado de lançar álbum e DVD de mesmo nome, estava em turnê por todo o país e gravava o programa Jovens Tardes, da TV Globo. Porém, toda a exaustão lhe trouxe pânico e depressão.

Wanessa lançou, no último domingo (28), em seu canal do YouTube, o minidocumentário “Fragmento Parte 5”, onde falou sobre o assunto. Confira um trecho do depoimento:

“Comecei a dar sinais de que alguma coisa não estava legal. Digo isso psicologicamente. Eu estava em um lugar, no final de 2004, que tive que prestar atenção. Um lugar onde dei uma escorregada bonita na minha vida. Começou a vir a depressão, o pânico. Foi bem no final do ano 2004. Era muito trabalho. E eu tentando viver minha vida pessoal, minha vida profissional plenamente. Tentando estar com minhas amigas, ter meus 20 anos. Quando chegou o fim do ano, a estafa tanto física quanto emocional pegou muito forte. Ali no final, dei uma escorregada bonita.”

Procurar a terapia foi a solução para Wanessa Camargo, que à época também passava por um namoro conturbado com o ator Dado Dolabella.

“Comecei a entender que tinha muita coisa para arrumar dentro de mim, que tinha que começar a me olhar e arrumar sentimentos que estavam presos ali, mágoas, rancores… Me olhar com mais amor. Tive que me tratar, ir para uma terapia, começar a me ouvir, entender porque estava com tanto trabalho e uma vida financeira muito boa, e o pânico apareceu. Foi quando comecei a me conhecer. Podendo me conhecer, de fato, foi ali que virei adulta, de fato”, explicou.

“Transparente”, que tinha faixas como “Tanta Saudade“, “Eu Quero Ser o Seu Amor“, “O Amor Não Deixa” e “Metade de Mim“, vendeu mais de 100 mil cópias no Brasil.

*Com informações do POPline