FolhaPress

Vitória Strada sofre comentários homofóbicos em foto beijando Marcella Rica

"Pra que tanta exposição? Acho desnecessário", escreveu um internauta

Vitória Strada sofre comentários homofóbicos em foto beijando Marcella Rica
(Foto: Reprodução Twitter)

As atrizes Vitória Strada, 24, e Marcella Rica, 29, serão capa da revista Glamour Brasil deste mês. A estrela de “Salve-se Quem Puder” (Globo) publicou uma foto tirada para a edição, em que está beijando sua noiva, e recebeu comentários homofóbicos, apesar de ter agradado fãs do casal.

“Mês de recarregar as forças para continuar lutando pelo direito que todos temos de ser e de amar, seja como for. Porque o mundo fica mais feliz quando tem mais gente amando e existindo na sua verdade, e fica ainda mais bonito colorido”, escreveu a atriz na legenda da publicação.

“Pra que tanta exposição? Acho desnecessário”, escreveu um internauta na foto de Vitória Strada. “O que estão fazendo com o nosso mundo? Estão acabando com a instituição família”, comentou outro. “Acho imprópria a foto! Nem é por questão sexual”, disse um terceiro.

As artistas estão noivas desde o ano novo e o casamento ainda não tem data marcada. Juntas desde 2019, Vitória Strada e Marcella Rica abordam na revista temas como a vida sexual, preconceitos e as expectativas para a cerimônia de casamento.

“Ninguém pensa em casar quando o sexo não é bom. Casamento é casamento. É encontrar encaixe em diversas áreas. Inclusive nessa”, afirmou Rica. “O sexo é uma escuta, uma troca. As pessoas o veem como algo restrito ao órgão sexual masculino”, completou Strada.

Na entrevista, a ex-modelo também fala sobre sua bissexualidade. “Era a primeira vez que sentia algo por uma mulher, foi um processo interno até entender que realmente estava gostando dela”, comenta. “A chave foi eu não me julgar ou questionar. A bissexualidade é muito natural para mim. Nunca foi tabu.”

HOMOFOBIA: Palmeirense, Zé Neto veste camisa do São Paulo, imita gay e se desculpa

Torcedor do Palmeiras, o cantor Zé Neto, 31, que faz dupla com Cristiano, 32, entrou em uma grande polêmica na live que a dupla fez neste sábado (6). Ele vestiu a camisa do São Paulo e fez trejeitos de gay.

Tudo começou quando Cristiano, que é torcedor do São Paulo, lembrou Zé Neto que ele havia perdido uma aposta. O São Paulo derrotou o Palmeiras na final do Paulistão. Assim, ele teve de vestir o manto do clube. Leia na íntegra!

LEIA MAIS: 

Gusttavo Lima assina contrato com grupo de investimentos; FOTOS