Golpe

Vítima denuncia golpe em falso anúncio de kitnet, em Goiânia

O jovem chegou a pagar R$ 1 mil pelo imóvel anunciado na internet, mas não obteve qualquer retorno por parte do suposto anunciante


Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 09/10/2019 às 19:33:02

Um morador do Orizona denunciou que foi vítima de golpe de um falso anúncio de kitnet, em Goiânia. Jovem chegou a pagar R$ 1 mil, mas não teve retorno. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Um morador do Orizona denunciou que foi vítima de golpe de um falso anúncio de kitnet, em Goiânia. Jovem chegou a pagar R$ 1 mil, mas não teve retorno. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

O que seria apenas o processo tranquilo de aluguel de uma kitnet em Goiânia se tornou um pesadelo para um morador de Orizona, no Sul do estado. Isso porque o homem tentava alugar o imóvel na capital, mas foi vítima de golpe. O jovem chegou a pagar R$ 1 mil pela kitnet anunciada na internet, mas não obteve qualquer retorno por parte do suposto anunciante. A Polícia Civil (PC) investiga o caso.

Na última semana, conforme relata o homem, a vítima teve acesso a um anúncio nas redes sociais do aluguel de uma kitnet anunciada, teoricamente, por uma mulher. De imediato, o jovem iniciou as negociações. “Ela perguntou se eu iria realmente ficar com o apartamento, porque outras pessoas estavam interessadas. Para garantir o aluguel, a pessoa pediu que eu fizesse um depósito”, disse.

O jovem conta que realizou a transferência no valor de R$ 1 mil para a conta bancária no nome de um homem. “Depois disso, a suposta anunciante desapareceu. Me bloqueou no WhatsApp e não atendeu mais minhas ligações”.

Golpe

Sem retorno, o homem decidiu procurar o perfil da suposta anunciante nas redes sociais e contatou uma amiga da mulher. Foi depois de conversar com ela, que o jovem percebeu que caiu em um golpe. Na verdade, a kitnet anunciada tratava-se de um apartamento, que estava disponível para venda e não para aluguel.

A dona do imóvel contou ao Mais Goiás que colocou o apartamento a venda há dois meses e postou as fotos da propriedade em um anúncio nas redes sociais. A mulher alega que não conhece o número de telefone registrado no falso anúncio da kitnet, nem dono da conta para o qual foi o dinheiro da vítima foi transferido.

“Só fiquei sabendo desse falso anúncio porque a vítima me procurou alegando que fez o pagamento e o anunciante, que usava meu nome, sumiu. Imediatamente fui à delegacia para me resguardar, já que meu nome e dados estavam sendo usados de forma ilegal”, disse.

Três mulheres, segundo os denunciantes, também foram vítimas do mesmo golpe. A Polícia Civil (PC) investiga o caso e busca identificar o autor do golpe, bem como outras possíveis vítimas.