Reclamação

Virmondes cobra explicações da Secretaria de Saúde de Goiânia sobre Teleconsulta

Deputado, que é pré-candidato à prefeitura pelo Cidadania, critica o serviço por não receber chamadas de celulares


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 27/02/2020 às 17:21:08
Tainá Borela
Do Mais Goiás | Em: 27/02/2020 às 17:21:08

Cais de Campinas. (Foto: Leitor/ Mais Goiás)
Cais de Campinas. (Foto: Leitor/ Mais Goiás)

O deputado estadual Virmondes Cruvinel (Cidadania) subiu à tribuna da Assembleia Legislativa de Goiás, na tarde desta quinta-feira (27), para criticar o Teleconsulta, serviço prestado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O parlamentar, que é pré-candidato na disputa pela prefeitura de Goiânia, afirma que é inaceitável que o número não aceite chamadas feitas por telefones celulares.

“Isso é inadmissível. Quase ninguém tem telefone fixo”, reclamou Virmondes. O deputado apresentou também um requerimento na Casa pedindo explicações a Secretaria. Ele justifica que, atualmente, quase ninguém tem telefone fixo em casa. Segundo o parlamentar, caso o pedido não surta efeito, ele irá procurar a defensoria pública para judicializar a questão.

Em nota, a Secretaria de Saúde esclareceu que “que está em estudo um projeto que contemple não só o atendimento por celular, mas também pelas plataformas de Whatsapp, Instagram e Facebook”.