#equipedegoverno

Vilmar Rocha será empossado nesta segunda-feira na Secima

A posse acontece no auditório Mauro Borges, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, a partir das 10 horas.





//

Vilmar Rocha assume nesta segunda-feira, 2 de fevereiro, a Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima). A posse acontece no auditório Mauro Borges, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, a partir das 10 horas.

Vilmar assume a Secima após concluir seu quinto mandato como deputado federal. Segundo ele, o desafio inicial será promover a integração de todos esses segmentos.

Para Vilmar, por se tratar de uma secretaria estruturante, é preciso pensar em ações de médio e longo prazos e que primem pelo desenvolvimento associado à sustentabilidade.

SOLUÇÕES

O novo secretário de Cidades e Meio Ambiente também afirma que estará atento e trabalhará no sentido de encontrar soluções para os grandes problemas atuais, como da água, energia e mobilidade, que inclui o VLT, transporte intermunicipal e até mesmo um plano de desenvolvimento logístico para Goiás, algo que ele já vem estudando e preparando.

Vilmar Rocha também destaca que outra preocupação será a de promover o crescimento ordenado e sustentável das cidades, garantindo infraestrutura e qualidade de vida. Ele ressalta recente pesquisa do IBGE que revelou que, desde 1991, o número de domicílios nas cidades cresceu a uma taxa mais de duas vezes maior do que de habitantes.

A pesquisa mostra ainda que, de cada 10 brasileiros, nove vivem nas cidades. Com esse crescimento, dois aspectos são diretamente afetados: o meio ambiente, com a ocupação de áreas sensíveis, e a infraestrutura, com a dificuldade e os altos custos para se levar energia, água, esgoto, transporte e outros serviços públicos. “Essa expansão acelerada de algumas cidades aumenta ainda mais o desafio do poder público de fornecer infraestrutura e qualidade de vida aos cidadãos”, conclui Vilmar Rocha.

A nova secretaria deverá ter seu foco voltado para a busca de investimentos diversos, concessões, recursos federais e estrangeiros, além de Parcerias Público Privadas para dar andamento às ações previstas no plano de governo.

Tópicos