Respirando aliviado

Vila Nova afunda Joinville na zona de rebaixamento e respira na Série B

Os gols do Vila saíram no primeiro minuto de jogo e aos 41 do segundo tempo.


Estadao Conteúdo
Estadao Conteúdo
Do Estadao Conteúdo | Em: 02/08/2016 às 22:18:44


O Vila Nova quebrou a sequência negativa de três jogos seguidos sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro na noite desta terça-feira ao derrotar o Joinville pelo placar de 2 a 1, em partida realizada no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO), pela última rodada do primeiro turno.

Com o resultado, o Vila Nova começa a sonhar com algo a mais do que fugir do rebaixamento. O clube goiano tem 25 pontos, contra 17 do Joinville, que segue na zona de rebaixamento e pode cair para a penúltima colocação ainda nesta terça, na sequência da rodada.

Com três jogadores muito leves no setor ofensivo, o Vila Nova apostou na velocidade nos minutos iniciais e acabou abrindo o marcador logo de cara. Joãozinho disparou pelo lado esquerdo de campo, tabelou com Moisés e chutou para o fundo das redes no primeiro minuto. Apesar de ter saído atrás do placar no começo do jogo, o Joinville não se entregou, foi para cima e buscou o empate.

Aos 14 minutos, em um lance despretensioso pela direita, Danrlei chutou de longe. A bola ganhou força e acabou encobrindo o goleiro Saulo. A resposta goiana foi logo na sequência com Moisés. O atacante saiu de frente para o gol, mas chutou muito fraco e facilitou a defesa do goleiro Aranha.

O segundo tempo começou equilibrado, mas a situação do Joinville acabou se complicando logo aos 12 minutos. Thomás retardou a cobrança de falta do Vila Nova, recebeu o segundo amarelo e consequentemente o vermelho.

Com dez em campo, o Joinville não conseguia criar e acabou recuando para segurar o resultado. O Vila Nova tinha a posse de bola, mas encontrava enorme dificuldade para atacar, porém, achou uma penalidade máxima aos 42 minutos, após Ligger colocar a mão na bola. O zagueiro estava fora da área, mas acabou confundido a arbitragem.

Moisés foi para a cobrança, deslocou o goleiro Aranha e pôs o Vila Nova novamente na frente do marcador. Em vantagem, o time goiano deixou o Joinville na roda e esperou o apito final para conquistar mais três pontos na Série B.

Com uma pausa de duas semanas na Série B, o Vila Nova só volta a atuar no dia 19 de setembro, às 20h30, diante do Bragantino, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). No mesmo dia e horário, o Joinville recebe o Luverdense na Arena Joinville.

FICHA TÉCNICA:
VILA NOVA 2 x 1 JOINVILLE

VILA NOVA – Saulo; Bruno Oliveira, Reniê, Guilherme Teixeira e Marcelo Cordeiro; Caíque (Robston), Reginaldo (Frontini) e Jean Carlos; Fabinho (Fernando Neto), Joãozinho e Moisés. Técnico: Guilherme Alves.

JOINVILLE – Aranha; Reginaldo, Danrlei, Fabiano Eller e Fernandinho (Murilo); Kadu, Naldo, Everton Silva (Tinga), Bruno Ribeiro (Ligger) e Thomás; Jael. Técnico: Lisca.

GOLS – Joãozinho, no 1º minuto, e Danrlei, aos 14 minutos do primeiro tempo. Moisés (pênalti), aos 42 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO – Fernandinho (Joinville).

CARTÃO VERMELHO – Thomás (Joinville).

ÁRBITRO – Nielson Nogueira Dias (PE).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO).