Hygor Ferreira
Do Mais Goiás

Vila bate Goianésia e chega a terceira vitória seguida na temporada

Colorado ocupa segunda colocação do Grupo B, com 10 pontos

Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova

No estádio Valdeir José de Oliveira, o Vila Nova manteve a boa sequência vivida antes da pausa no futebol. Diante do Goianésia, o colorado venceu por 1 a 0 e emplacou a terceira vitória consecutiva na temporada e a segunda no estadual. O gol marcado foi do atacante Pedro Júnior, porém o goleiro Georgemy também teve destaque com uma defesa de pênalti.

O colorado segue na caça à liderança do Grupo B, com 10 pontos, o Tigre ocupa a 2ª colocação. Já a equipe do Goianésia, que ainda não venceu na competição, permanece na 5ª colocação, com 3 pontos. Os dois voltam a se enfrentar no domingo (4), às 16 horas, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga.

Mesmo fora de casa, o primeiro tempo foi de domínio colorado, que conseguia boas jogadas, principalmente no toque de bola e na velocidade de Thiaguinho. Foi do atacante a melhor chance da equipe. Aos 22 minutos, o jogador aproveitou falha de Iran e avançou sozinho do meio de campo até a área do Goianésia, na cara do goleiro, o atacante tentou uma cavadinha, mas a bola acertou o travessão.

O colorado teve mais duas chances em finalizações de fora da área, uma de Dudu, que parou em uma boa defesa de Arthur e outra de Celsinho, que foi para fora. Já o Goianésia teve dificuldades de atacar o Vila, mas os donos da casa tiveram a melhor chance da primeira etapa. Aos 46 minutos, Édipo teve uma penalidade para bater, mas quem brilhou foi o goleiro Georgemy, que defendeu sem dar rebote.

O segundo tempo começou parado, sem muitas emoções. A partida melhorou apenas aos 21 minutos, quando Thiaguinho tentou um cruzamento e a bola bateu na mão de Márcio Luiz. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Pedro Júnior bateu com tranquilidade e marcou seu terceiro gol na competição.

Com o resultado desfavorável, o Goianésia cresceu e tentou sufocar o Vila Nova em jogadas de escanteio. Primeiro foi Márcio Luiz que mandou a bola rente a trave. Depois foi a vez de Du Gaia, que cabeceou, a bola desviou na zaga e por pouco não enganou o goleiro Georgemy. O Tigre conseguiu controlar o ímpeto do Azulão e ainda teve a última chance para ampliar o placar, com Henan. Aos 37 minutos, mas o atacante na cara do gol mandou para fora.