Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás

Vila Ambiental começa a ser reformada e obras devem durar 60 dias

Espaço, que fica dentro do Parque Areião, foi atingido por um incêndio que destruiu o anfiteatro do local. Reforma deve custar R$ 250 mil

A Vila Ambiental começou a ser reformada nesta terça-feira (10). O local, que fica instalado dentro do Parque Areião, no Setor Pedro Ludovico, foi atingido por um incêndio em setembro do ano passado e destruiu o anfiteatro que era feito de bambus.

Segundo o presidente da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), Gilberto Marques Neto, as obras terão duração de 60 dias e será feita uma revatalização no local para a preservação dos ambientes de madeira que compõem a Vila. A ordem de serviço foi assinada na segunda-feira (9) e a empresa responsável será a CBMA Construções & Soluções Ambiental.

O titular da pasta municipal também destaca que essa reforma estava prevista para ter sido realizada no final do ano passado, mas teve que ser adiada devido a necessidade de refazer o termo de referência de combate ao incêndio no parque.

A verba destinada para a obra é de cerca de R$ 250 mil e os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal. Além da Vila, o parque também deve ser todo revitalizado, segundo Gilberto. A previsão é que o prazo seja suficiente para a realização de todas as obras.

Ainda de acordo com o presidente da Amma, o parque não sofrerá alteração no funcionamento durante as reformas. Já as atividades da Vila Ambiental foram transferidas para o Núcleo Socioambiental do Parque Macambira-Anicuns, que fica localizado na Avenida César Lattes, na divisa do Setor Novo Horizonte e Jardim Europa. A expectativa do presidente é, com o término das reformas, aumentar o acesso de outros públicos nas atividades desenvolvidas nos parques.

“Buscaremos outros parceiros para que até outras atividades sejam desenvolvidas no local. Assim, desenvolveremos outros trabalhos que não sejam apenas voltadas as escolas, mas também universidades, para que se possa fazer pesquisas de fauna e flora no local e até mesmo recebimento de estagiários”, pontua Gilberto.

Núcleo Socioambiental, no Setor Novo Horizonte, receberá atividades da Vila até a conclusão da reforma (Foto: Jackson Rodrigues)

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal www.EMAISGOIAS.com.br pelo WhatsApp (62) 98272-3896 ou entre em contato pelo (62) 3259-6500