Serial Killer

Vigilante Tiago Henrique será julgado pela morte de dona de casa nesta sexta-feira

Segundo as investigações, a vítima foi morta com um tiro de revólver .38 no peito quando ia buscar os filhos na escola




O vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha tem novo júri agendado para esta sexta-feira (12/8). Desta vez ele será julgado pelo homicídio da dona de casa Lilian Sissi Mesquita e Silva.

O crime aconteceu no dia 3 de fevereiro de 2014, no Setor Cidade Jardim, em Goiânia. Segundo as investigações, a vítima foi morta com um tiro de revólver .38 no peito quando ia buscar os filhos na escola.

A mulher andava sozinha quando teria sido abordada por Tiago. Conforme os autos do processo, após parar a moto que conduzia, ele se aproximou, apontou a arma e atirou sem que Lilian tivesse condições de esboçar qualquer reação.

O julgamento vai ocorrer no 1º Tribunal do Júri de Goiânia e será presidida pelo juiz Eduardo Pio Mascarenhas. A acusação do Ministério Público de Goiás (MPGO) será sustentada pelo promotor de Justiça Maurício Gonçalves de Camargo.

Este será o 12º júri de Tiago Henrique, que já foi a condenado a 265 anos e 10 meses de prisão por 11 homicídios, dois assaltos a mesma agência lotérica e posse ilegal de arma de fogo. O vigilante ainda vai a júri popular em outros 22 processos. Contra ele ainda tramita ação por furto de arma de fogo, na 3ª Vara Criminal de Goiânia.