Vigilante penitenciário temporário é preso ao entregar drogas a detentos, em Piracanjuba

Segundo a Polícia Civil (PC), homem estava dez meses na função e ação foi confirmada com depoimentos e imagens de câmeras de segurança

Vigilante penitenciário temporário é preso ao entregar drogas a detentos, em Piracanjuba
Vigilante penitenciário temporário é preso ao entregar drogas a detentos, em Piracanjuba

Um vigilante penitenciário temporário foi preso, na manhã deste sábado (5), suspeito de entregar drogas a detentos do presídio de Piracanjuba.  Segundo a Polícia Civil (PC), além dos entorpecentes, o homem também estava com uma arma de fogo calibre ilegal, calibre 6.35, e quatro munições do mesmo calibre.

De acordo com o delegado Leylton Barros, Douglas de Paula Miranda, de 37 anos, começou ser investigado a cerca de 20 dias. Na ocasião, a diretoria da unidade relatou que uma porção de maconha foi encontrada sob posse de um preso do local. “Após ouvir testemunhas, presos e confrontar todas as informações com imagens de câmeras de segurança, foi possível verificar que era o vigilante quem realizava esse repasse para os detentos”, destaca.

Leylton conta que o vigilante tem dez meses na função e que essa não foi a primeira vez que ele tenha distribuído drogas dentro da unidade. No momento do depoimento, ele preferiu ficar em silêncio. Ainda de acordo com o delegado, ele não possui antecedentes criminais.

Douglas foi autuado por tráfico de drogas, associação e porte ilegal de arma de fogo. Se condenado, ele pode pegar mais de 20 anos de prisão.