Vigilante penitenciário é preso ao tentar entrar com celulares no presídio em Itumbiara

Segundo a DGAP, além dos aparelhos, foram apreendidos, carregador, cabos USB e diversos chips telefônicos. Todos os materiais estavam presos ao cinto do servidor

Vigilante penitenciário é preso ao tentar entrar com celulares no presídio em Itumbiara
Vigilante penitenciário é preso ao tentar entrar com celulares no presídio em Itumbiara

Um vigilante penitenciário temporário, de 54 anos, foi preso em flagrante ao tentar entrar com três celulares dentro do presídio de Itumbiara, no Sul do estado. De acordo com a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), também foram apreendidos um carregador, uma cola, três cabos USB e dez chips telefônicos.

A Diretoria informa que flagrante aconteceu no momento em que ele passava pelo procedimento de revista para iniciar o expediente de trabalho, na manhã desta segunda-feira (16). E que já estava desconfiada de algumas atitudes do servidor, por isso, decidiu realizar um minuciosa procedimento de abordagem. Os produtos estavam presos ao cinto dele.

Segundo a DGAP, o funcionário estava prestes a terminar o prazo de um ano do contrato temporário, que foi rescindido. O homem foi encaminhado à delegacia da cidade para as providências cabíveis. Além disso, a diretoria afirma que “procedimentos administrativos internos foram abertos para apurar o fato e, após averiguações, serão aplicadas as devidas sanções penais aos destinatários dos ilícitos em conformidade com a Lei de Execução Penal (LEP).”

Vigilante penitenciário é preso ao tentar entrar com celulares no presídio em Itumbiara

Vigilante penitenciário é preso ao tentar entrar com celulares no presídio em Itumbiara (Foto: Divulgação /DGAP)