Do Mais Goiás

Vídeo mostra momento da prisão de Queiroz em sítio de Atibaia, São Paulo

Fabrício Queiroz é investigado por suposto esquema de rachadinha na Alerj. Ele estava no sítio de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro, que chegou a falar que não sabia onde Queiroz estava

Diálogos entre Queiroz e ex-mulher de miliciano dão sobrevida caso das rachadinhas
Mensagens entre Queiroz e ex-mulher de miliciano dão sobrevida a apuração sobre Flávio Bolsonaro (Foto: Reprodução)

Um vídeo divulgado pela Polícia Civil mostra o exato momento em que Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, é preso em um sítio em Atibaia, São Paulo. Queiroz estava escondido no sítio de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro, e foi encontrado em operação do Ministério Público do Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira (18).

Queiroz é investigado por participação em suposto esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio. Os mandados foram expedidos pela Justiça do Rio de Janeiro.

Depois de ser preso, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro passou por exames no Instituto Médico Legal (IML) e foi encaminhado à delegacia de São Paulo. Ele foi transferido de helicóptero para o Rio de Janeiro por volta das 10h.

Segundo a Polícia Civil de SP, o caseiro do sítio informou que Queiroz estava no local há cerca de um ano. Em 2019, o advogado e proprietário do sítio, Frederick Wassef, disse à Globo News que não sabia onde Fabrício estava.