Campeonato Mineiro

Victor pega pênalti, Atlético vence e vira líder provisório do Campeonato Mineiro

Alvinegro vence por 2 a 0, em jogo válido pela segunda rodada do Mineiro




Em um jogo no qual contou com um pênalti defendido pelo goleiro Victor, o Atlético venceu o Mamoré por 2 a 0, neste sábado, em Patos de Minas, e assumiu a liderança provisória do Campeonato Mineiro, com seis pontos. O time assim se manteve com 100% de aproveitamento na competição, depois de ter estreado com vitória por 2 a 0 sobre o Tupi.

Com seis pontos, o Atlético está dois à frente do América, que também neste sábado venceu. Vice-líder provisória, a equipe superou o URT por 2 a 1, no Estádio Independência, em Belo Horizonte.

Mesmo atuando fora de casa, o Atlético iniciou o jogo de forma dominante e abriu o placar já aos 11 minutos, com Jemerson. Marcos Rocha cruzou pela direita para Pedro Botelho, que ajeitou de peito para Luan fazer novo cruzamento, desta vez pela esquerda. Lucas Pratto recebeu e deu passe de cabeça para o zagueiro chutar duas vezes para fazer 1 a 0.

O Atlético seguia melhor em campo, mas o Mamoré teve grande chance de empatar a partida aos 27 minutos, quando o árbitro marcou pênalti de Jemerson em Bruno Limão. Na batida, porém, Victor defendeu a cobrança de Diego Sales e manteve o time comandado por Levir Culpi à frente do placar.

Após o susto, o Atlético manteve a carga no ataque, mas só conseguiu ampliar na etapa final, após Levir promover duas mudanças na equipe. Carlos e Lucas Pratto saíram para as respectivas entradas de Maicosuel e Jô.

Mas não foi pelos pés de nenhum dos dois que entraram que saiu o segundo gol atleticano. Aos 18 minutos, Luan acertou belo chute de fora da área e garantiu o 2 a 0. Jô, que acabara de ser colocado em campo, deve duas chances de marcar o terceiro da equipe, mas parou em duas defesas do goleiro Gilberto, em uma cabeçada e depois em um chute cruzado.

Mas a fatura já estava liquidada para o Atlético, que agora voltará a campo pela competição estadual apenas no próximo sábado, contra o Democrata, às 19h30, no Estádio Independência, em Belo Horizonte.