Vice de futebol do Fluminense explica contratação de pacotão de reforços

Somente o meia Marlone, ex-Cruzeiro e Vasco, já teve um certo destaque no cenário nacional

Se estava lento até então no mercado de reforços, o Fluminense se movimentou, e muito, na última terça-feira. Ao longo do dia, o clube anunciou seis novas contratações, que chegam para a próxima temporada. O torcedor, no entanto, se mostrou desconfiado. Isso porque cinco destes novos jogadores são desconhecidos do grande público. Somente o meia Marlone, ex-Cruzeiro e Vasco, já teve um certo destaque no cenário nacional.

“São jogadores que vínhamos acompanhando através do nosso departamento de scout, fazendo avaliações muito bem detalhadas e que achávamos necessário para fazer uma recomposição do nosso elenco, pois tivemos perdas em razão de término de contrato, venda de atletas e empréstimos que ainda acontecerão. Estamos muito satisfeitos por ter concluído tudo de maneira rápida, antes do fim do ano”, explicou o vice-presidente de futebol do clube, Mário Bittencourt.

Somente na terça, o Fluminense anunciou, além de Marlone, os laterais-esquerdos Guilherme Santos e Giovanni, o meia Vinícius, o atacante Lucas Gomes e o zagueiro Victor. Eles chegam para as vagas de Carlinhos, Diguinho, Valencia, Fabrício e Bruno, que já deixaram o clube. Rafael Sóbis e Walter devem ser os próximos a sair.

Esta reforma no elenco, com a saída de alguns medalhões e a chegada de nomes de pouca expressão, foi motivada pelo fim da parceria do Fluminense com a Unimed, que enxugou as receitas do clube. Dentro do que o time carioca espera para a próxima temporada, Mário Bittencourt se mostrou satisfeito com as contratações.

“Fico bastante satisfeito com o resultado do nosso trabalho e principalmente do departamento de futebol através do Fernando Simone (diretor executivo), que chegou com toda essa necessidade de montar o elenco para 2015. Conseguimos sucesso nas nossas negociações”, celebrou.