DESISTÊNCIA

Veter cita “motivos pessoais” ao retirar nome na disputa para prefeito de Aparecida

O vice-prefeito disse que a família é prioridade no momento


Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 02/10/2020 às 21:30:48

Veter Martins (PSD) anunciou a desistência da candidatura à Prefeitura de Aparecida de Goiânia e citou
Veter Martins (PSD) anunciou a desistência da candidatura à Prefeitura de Aparecida de Goiânia e citou "motivos pessoais" para a decisão. (Foto: reprodução)

Após horas de reunião com o governador Ronaldo Caiado (DEM), Veter Martins (PSD) anunciou a desistência da candidatura à Prefeitura de Aparecida de Goiânia. Atual vice-prefeito do município citou “motivos pessoais” ao retirar o nome da disputa nas eleições municipais deste ano. Confirmação foi anunciada nas redes sociais do político na noite desta sexta-feira (2).

Segundo Veter, interromper o sonho de concorrer à Prefeitura não foi fácil. Contudo, de acordo com ele, “motivos estritamente pessoais” o levaram a essa decisão. “Para mim, a família sempre veio em primeiro lugar e, neste momento, tenho que priorizá-la novamente”, escreveu na legenda de uma foto juntamente com Caiado.

No post, o vice-prefeito agradeceu o apoio e incentivo à “jornada interrompida”. Ainda na publicação, ele afirmou que um novo nome será anunciado para disputar a eleição.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Veter Martins (@vetermartins) em

Saída esperada

A saída de Veter foi dada como certa durante toda a sexta-feira (2). A assessoria já havia confirmado a desistência, mas o vice-prefeito ainda não havia se pronunciado. Mais cedo, o presidente estadual do PSD, Vilmar Rocha, também confirmou que o político não seria mais candidato à prefeitura. “A família não queria que ele fosse candidato. Eu entendo, respeito e aceito. Decisão de caráter pessoal a gente não questiona”, disse.

Veter lançou candidatura após ter recebido uma ligação de Caiado e Vanderlan em que ouviu a promessa de receber estrutura para fazer campanha na cidade, uma vez que ele, que é o atual vice-prefeito de Gustavo, ficou fora da chapa do atual gestor de Aparecida. À época, Veter disse ao Mais Goiás que foi uma “saída honrosa”.

Contudo, pessoas ligadas ao candidato do PSD disseram que ele teria desistido porque o compromisso do governador e de Vanderlan não foi cumprido. Especula-se ainda que ele pode compor o futuro secretariado de Gustavo e ser candidato a deputado com o apoio do grupo em 2022.