AMEAÇA

Vespas-asiáticas matam idoso de 69 anos, na Espanha

Antonio Rodriguez não voltou para casa após ir a praia de Caión e familiares alertaram as autoridades, que o encontram morto e com picadas


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 23/09/2020 às 18:19:03

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Um homem de 69 anos morreu após ser atacado por vespas-asiáticas, enquanto limpava uma encosta, na região de Laracha, na província de Corunha, noroeste da Espanha. Antonio Rodriguez Loureiro estava em uma área próxima da praia de Caión, quando foi encontrado morto com as picadas dos insetos, na noite de terça (22).

Quando o idoso não voltou para casa, à noite, a família denunciou o desaparecimento. As autoridades locais acharam o homem por volta das 21h30, já morto. Segundo informado pelo The Sun, reações alérgicas a estas vespas aumentaram nos últimos anos.

O número de casos tem relação com o crescimento de espécies invasoras na região. Estas, inclusive, são uma ameaça às abelhas.

As vespas-asiáticas, destaca-se, são maiores que as comuns e também mais venenosas. Houve pelo menos três mortes neste verão no nordeste da Espanha por tais picadas. Antonio Rodrigues ainda passará por um exame pós-morte.

Vespas-asiáticas

A vespa-asiática é um tipo de vespa nativa, originária do Sudeste asiático. Ela é comumente encontrada por regiões tropicais e subtropicais do norte da Índia ao leste da China, Indochina e ao arquipélago da Indonésia.

O inseto é uma espécie invasora em alguns países. Ela pode dizimar enxames de abelhas européias, o que preocupa as autoridades.