HUUMM

Vereador é flagrado cheirando calcinha durante sessão online; veja o vídeo

Outro político tenta alertar o vereador sobre a calcinha. Momentos depois, Ditinho do Asilo percebe que está sendo filmado e afasta a câmera


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 25/06/2020 às 11:46:24

Outro político tenta alertar o vereador sobre a calcinha. Momentos depois, Ditinho do Asilo percebe que está sendo filmado e afasta a câmera
Outro político tenta alertar o vereador sobre a calcinha. Momentos depois, Ditinho do Asilo percebe que está sendo filmado e afasta a câmera

O vereador Ditinho do Asilo (PSC) foi flagrado cheirando uma calcinha durante uma chamada de vídeo para a sessão da Câmara de Bragança Paulista, São Paulo. O caso aconteceu na última terça-feira (23).

No vídeo, enquanto a vereadora Fabiana Alessandri (PSD) falava sobre cortes de árvores na cidade, Ditinho do Asilo aparece com uma calcinha vermelha na mão. Ele olha a peça íntima e, em seguida, cheira. A sessão acontecia virtualmente em razão do isolamento social causado pela pandemia do novo coronavírus.

Outro político tenta alertar Ditinho. Momentos depois, ele percebe que está sendo filmado e afasta a câmera.

O vereador declarou que estava em seu gabinete e recebeu um presente enviado por um amigo. Ditinho conta que desativou o microfone da chamada de vídeo para ver o que tinha ganho, e achou que o vídeo também seria desativado automaticamente.

“Foi uma infelicidade pela minha falta de prática com essa coisa de tecnologia. Eu usava uma camiseta rosa e, para brincar, um amigo me mandou essa calcinha. Era um item desses de sexy shop, que é comestível. Por isso cheirei. Eu tenho família. Isso era só uma piada que, por ingenuidade minha, virou pública”, comentou.

Ditinho do Asilo afirmou que acompanhava a sessão com a pauta em mãos e que só se desconectou ao receber o pacote, não acreditando ter desrespeitado a vereadora que discursava no momento.

“Concordo que não era o momento, mas eu não estava falando, estava acompanhando. Quando o vereador está em casa, ele pode estar fazendo qualquer coisa enquanto acompanha a sessão e eu fui abrir o pacote e fui flagrado”, declarou.

A sessão estava sendo transmitida on-line pelos canais oficiais da Câmara Municipal de Bragança Paulista.

Vereador confessa homicídio, entrega pistola e é liberado em Mara Rosa

*Com informações do G1