Assalto

Vereador de Goiânia e família ficam reféns de bandidos durante assalto

Quatro homens armados invadiram a casa de Edson Automóveis e fugiram levando eletroeletrônicos, jóias e um dos carros da família





//

O feriado do último dia 12 de Outubro foi de terror para o vereador Edson Vieira da Silva, de 57 anos, mais conhecido como Edson Automóveis. Armados, três criminosos invadiram a residência dele, renderam toda a família e, após roubarem televisores, jóias, e dinheiro fugiram em um dos carros do vereador.

Edson Automóveis estava deitado na sala de sua casa, na Rua C-77, no Setor Sudoeste, quando, pouco depois das seis da tarde da última segunda-feira viu o genro entrar na casa agarrado por um homem e já com uma arma apontada para sua cabeça.

Câmeras de um lavajato que fica em frente à residência mostram que o genro do vereador foi rendido por um homem armado logo após abrir o portão para visitar a namorada. Em seguida, outros três criminosos chegam em duas motos, estacionam na calçada da casa ao lado e também entram na residência.

Pelas imagens dá para ver que ao menos um dos três criminosos que chegaram após a entrada do primeiro bandido também estava armado. Após renderem o vereador, os criminosos dominaram a esposa e a filha dele, e em seguida trancaram todos no quarto do casal.

Em menos de 15 minutos, os bandidos fugiram em um dos carros do vereador levando três televisões de tela plana, uma caixa de jóias da mulher dele e R$ 300 em dinheiro. Conforme relatou o vereador, a todo o instante os bandidos gritavam que queriam dinheiro, e chegaram a ameaçar atirar na perna do genro dele caso eles não entregassem todos os objetos de valor. “Felizmente eu conseguir deixar meus familiares calmos, falei para minha mulher entregar tudo e ninguém reagiu”, relatou Edson Automóveis. Vereador e família tiveram que arrombar uma janela para conseguir sair do quarto após a fuga dos criminosos.

A princípio o caso foi registrado no 20º Distrito Policial no Setor Sudoeste, mas já está sendo apurado pelo Grupo Anti Roubos a Residências (GARR) da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), que ainda não tem pistas dos criminosos.