ADEUS A MAGUITO

Velório de Maguito é marcado por intensa comoção; enterro acontece em Jataí

Sepultamento ocorre na manhã desta quinta-feira (14), às 9h, no Cemitério São Miguel, em Jataí


Ton Paulo
Do Mais Goiás | Em: 13/01/2021 às 22:02:43

Foto: Jucimar de Sousa
Foto: Jucimar de Sousa

Terminou, por volta das 21h desta quarta-feira (13), o velório do prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB). A cerimônia foi realizada na parte externa do Palácio das Esmeraldas, na capital, e foi marcada por choro e palavras de conforto aos amigos e familiares do gestor. Os populares puderam se despedir do emedebista por um sistema de drive-thru, sem descer do carro. O sepultamento ocorrerá na manhã desta quinta-feira (14), às 9h, no Cemitério São Miguel, em Jataí.

Autoridades políticas, como o governador e vice, Ronaldo Caiado (DEM) e Lincoln Tejota (Cidadania), o prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha (MDB), e o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), além de deputados e vereadores, estiveram presentes no velório, assim como amigos e familiares de Maguito. A esposa de Maguito, Flávia Teles, e o filho dele, Daniel Vilela, presidente estadual do MDB, externavam grande tristeza na cerimônia.

“Fazemos a nossa despedida e encaminhamos a sua alma para os céus, na feliz certeza que o Senhor, que o chamou às 4h10 da manhã deste dia de hoje, há de acolher na Sua glória”, disse, para os presentes, o padre que conduziu o velório.

No local, era possível ver intensa comoção entre os populares. Francisco Souza, corredor profissional e deficiente visual, estava no velório para dar seu último adeus ao prefeito eleito de Goiânia e portava, inclusive, um retrato dele. Ao Mais Goiás, Francisco disse que “era grato a Maguito, por ter contado com a ajuda dele” numa associação de corredores de rua de Aparecida de Goiânia.

Francisco Souza segura uma foto de Maguito | Foto: Jucimar de Sousa

Antes de ser levado ao Palácio, o corpo de Maguito foi transportado em um cortejo fúnebre pelo município de Aparecida de Goiânia, onde foi prefeito entre 2009 e 2016. Ele foi homenageado em frente à prefeitura.

Em um dado momento do velório, o público presente teve acesso liberado ao caixão.

A morte de Maguito

O falecimento de Maguito Vilela, que foi confirmado na madrugada de hoje, provocou grande comoção dentro do meio político e fora dele. Dezenas de personalidades políticas, regionais e nacionais, manifestaram seu pesar diante da perda. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), chegou a decretar luto oficial na Casa de Leis.

O emedebista estava internado na UTI do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 27 de outubro de 2020, devido a um quadro de covid-19. Seu tratamento foi marcado por altos e baixos, mas uma infecção pulmonar, agravada pela fragilidade do estado de saúde de Maguito, acabou piorando de vez sua condição.

A morte foi confirmada às 4h10 da manhã de hoje. O corpo chegou de São Paulo à tarde para o cortejo, que ocorreu em um carro aberto do Corpo de Bombeiros.

Luis Alberto Maguito Vilela foi vereador por Jataí, deputado estadual, deputado federal, vice e governador de Goiás, prefeito de Aparecida e de Goiânia.

Foto: Jucimar de Sousa