Veja a lista de premiados do Prêmio Multishow 2020

Neste ano, a atração foi apresentada pelos veteranos Paulo Gustavo e Tatá Werneck e teve a estreia de Iza como apresentadora

Prêmio Multishow 2020: veja a lista de premiados
Prêmio Multishow 2020: veja a lista de premiados

O Prêmio Multishow 2020 foi o grande assunto na noite desta quarta-feira (11). Com um formato inédito devido à pandemia do novo coronavírus, o evento contou com palcos em várias cidades brasileiras, tendo o principal no Rio de Janeiro. Neste ano, a atração foi encabeçada pelos veteranos Paulo Gustavo e Tatá Werneck e teve a estreia de Iza como apresentadora.

Neste ano, Ivete Sangalo foi a favorita na categoria Melhor Cantora. Na modalidade masculina, prêmio foi para Gustavo Lima. Lagum foi eleito o Melhor Grupo. Os goianos Jorge e Mateus foram eleitos a Melhor Dupla desde ano.

Marília Mendonça ganhou na categoria inédita: Live do Ano. Verdinha, de Ludmilla, ganhou como Canção do Ano e o Clipe do Ano ficou com Combatchy, colaboração de Anitta, Luísa Sonza, Lexa e MC Rebecca.

Veja a lista de premiados do Prêmio Multishow 2020

Melhor cantor

Gusttavo Lima

Melhor cantora

Ivete Sangalo

Melhor grupo

Lagum

Experimente

Menos É Mais

Melhor dupla

Jorge & Mateus

Live do ano

Marília Mendonça

Clipe do ano

Anitta, LEXA, Luísa Sonza e MC Rebecca com “Combatchy”

Música chiclete

“Sentadão”, de Pedro Sampaio, Felipe Origianl e JS O Mão de Ouro

Música do ano

“Verdinha” – Ludmilla

Canção do ano – Super Júri

“Braile” – Rico Dalasam e Dinho

Revelação

Jup do Bairro

Álbum do ano

AmarElo, de Emicida

Direção do ano

Céu

Capa do ano

Kiki Dinucci

Gravação do ano

“Rastilho”

Produtor do ano

Nave Beatz

Grandes momentos

A premiação contou com palcos em São Paulo, Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador e no Rio. Com isso, vários artistas se apresentaram como Lexa, Teresa Cristina, Skank, Jota Quest, Ivete Sangalo, MC Rebecca e Luisa Sonza.

Do Rio de Janeiro, Lexa trouxe um medley que lembrou seus antigos e novos sucessos. De início, ela apresentou Posso Ser, Chama Ela, Sapequinha, Pior que Sinto Falta e Para de Marra. Logo após, a cantora apresentou Treme Tudo, Quebrar Seu Coração, Sussu e Aquecimento da Lexa.

Diretamente de São Paulo, Luísa Sonza contou com a participação de MC Zaac para cantar o hit Toma. Logo após, a gaúcha cantou o single Século XXI, parceria com Léo Santana, e finalizou o medley com Braba, onde que manifestou o seu apoio em público sobre o caso Mari Ferrer.

De sua terra natal, Ivete Sangalo trouxe grandes sucessos da carreira como Quando A Chuva Passar, Localizei, Coisa Linda, Dura Na Queda, Farol, Tempo de Alegria e O Mundo Vai. Ela chamou Majur para dividir os vocais. Não foi a toa que a cantora ganhou a categoria mais desejada da noite.

Dilsinho também mostrou todo o seu talento ao cantar Deixa Para Amanhã, Misturados, Onze e Pouquinho e Sogra. Ele cantou diretamente do Rio. Esse ano o cantor, que concorria como o grande prêmio da noite, não ganhou neste ano.

Mas a apresentação mais esperada da noite foi de Ludmilla. A carioca cantou o remix de Verdinha, que conta com a parceria de Nicky Jam, e lançou Rainha da Favela. Com muita dança e sensualidade, a cantoria ainda alfinetou todos que a criticaram e os xingamentos que recebeu durante a carreira, sobretudo no ano passado.

Na edição anterior, a cantora ganhou a categoria Cantora do Ano e, ao subir para receber a estatueta, foi vaiada e ouviu xingamentos racistas.