Do Mais Goiás

Vanderlan defende que PSD entre na justiça para cassar Rogério Cruz

Partido se reúne nesta terça para definir se entra com a ação

Vanderlan defende que PSD entre na justiça para cassar Rogério Cruz
Vanderlan defende que PSD entre na justiça para cassar Rogério Cruz (Foto: Divulgação)

Em entrevista a CBN Goiânia, nesta terça (13), Vanderlan Cardoso (PSD) disse que, se dependesse dele, “o PSD já teria entrado nas ações de cassação de Rogério Cruz”. Segundo ele, no fim da tarde desta terça (13) se reunirá com o presidente estadual Vilmar Rocha para definir se a sigla entra ou não.

Questionado se ele acredita que houve fraude na campanha, Vanderlan afirma que denunciou a questão durante toda a campanha. “Fomos muito mal interpretados. Em uma entrevista fizeram montagem na nossa fala”, se lembrou sobre posicionamentos em relação ao estado de saúde do candidato Maguito Vilela (MDB). “Dissemos que a eleição, como estava acontecendo era uma fraude, e a posse também foi uma fraude.”

Segundo ele, a saída do MDB (grupo de Daniel Vilela) e as falas da viúva de Maguito Vilela – disse que Rogério nunca se preocupou o marido – comprova o que foi dito na campanha.

Vale lembrar, o PMN e o presidente da sigla, o ex-vereador Paulo Daher, acionaram a justiça pela anulação da eleição, ainda no ano passado. À época, o ex-parlamentar classificou a situação como “maior estelionato eleitoral da história de Goiás”.

Ainda à rádio, Vanderlan disse que a entrada do PSD daria corpo a ação. “Seria um peso maior nessa ação.” Apesar de não querer antecipar, o senador acredita que reunião desta terça, que também contará com o presidente metropolitano Simeyzon Silveira, terminará em consenso quanto ao partido entrar na justiça.

Segundo turno da eleição 2020

No segundo turno entre Maguito e Vanderlan, o emedebista já estava afastado para tratar da Covid-19. À época, Vanderlan questionava o real estado de saúde de Maguito (falecido em 13 de janeiro) e criticava Rogério Cruz.

Naquele momento, a chapa do PSD chegou lançar uma propaganda, que questionava o espectador sobre Rogério Cruz. Na pílula, havia a pergunta: “Você confiaria em copiloto que não sabe pilotar? Então como confiar em um vice que não sabe governar?”

E complementa: “E sobre a possibilidade de assumir a gestão se Maguito ainda não estiver recuperado diz que não ajudou a elaborar o plano de governo. Dá para confiar?”

Maguito venceu o segundo turno por 52,60% a 47,40%.