Valor da Apple cai para menos de US$ 1 trilhão por previsões de vendas menores no fim de ano

As ações da empresa caíam cerca de 6% nesta sexta-feira na Bolsa de Nova York


Thais Lobo
Do Mais Goiás | Em: 02/11/2018 às 17:52:08

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

As ações da Apple caíam cerca de 6% nesta sexta-feira na Bolsa de Nova York, reduzindo seu valor de mercado para menos de US$ 1 trilhão, depois que a gigante tecnológica previu vendas mais fracas que o esperado para o último trimestre e alimentou preocupações ao anunciar que não mais vai divulgar os números de venda de iPhones. Os papéis da Apple apresentaram queda apesar dos bons resultados da companhia, que apresentou um aumento de 32% no lucro do terceiro trimestre .

A queda das ações da Apple para cerca de US$ 207 tirou mais de 67 bilhões de dólares do valor de mercado da empresa, colocando a Amazon e a Microsoft Corp na corrida entre as grandes de tecnologia dos Estados Unidos para ser a empresa mais valiosa do mundo.

Na quinta-feira, a Apple informou ter registrado lucro líquido de US$ 14,125 bilhões no terceiro trimestre deste ano (os meses de julho a setembro formam o último trimestre fiscal de 2018 para a empresa). O resultado representa um avanço de 32% em relaçao ao mesmo período do ano passado. A receita, por sua vez, chegou a US$ 62,9 bilhões, uma alta de 20% no mesmo período de comparação. O faturamento veio acima da expectativa de mercado, que projetava uma receita de US$ 61,750 bilhões.

A empresa, com sede em Cupertino, na Califórnia, atribuiu a fraqueza nos mercados emergentes e os custos de câmbio à decepcionante previsão de vendas de antes do Natal, o que é crucial para os resultados dos fabricantes de eletrônicos de consumo.

Oito corretoras reduziram suas metas de preço para a Apple, mas apenas uma — o Bank of America Merrill Lynch — cortou sua classificação para as ações para “neutra” ante “compra”.

“É hora dos investidores se ajustarem às novas divulgações”, disseram analistas da corretora. “Embora a oportunidade a longo prazo seja significativa, esperamos pressões de curto prazo sobre as ações”.

No entanto, a maioria dos analistas manteve-se otimista em relação aos resultados do quarto trimestre e não veem um contágio às ações das outras grandes empresas de tecnologia americanas. As ações de Facebook, Amazon.com, Netflix e Alphabet, dona do Google, operavam em alta.

A decisão de não informar os dados sobre vendas de unidades de iPhones, iPads e computadores Mac, anunciada na quinta-feira, foi amplamente criticada e alguns argumentaram que isso significava que a Apple acredita que as vendas de iPhones já atingiram seus níveis mais altos.

“Embora a empresa acredite que as unidades sejam uma forma menos relevante de mensuração, discordamos fortemente, principalmente porque acreditamos que as unidades do iPhone começarão a cair em termos anuais devido aos preços médios de venda mais altos”, disseram analistas da Raymond James.