Do Mais Goiás

Universidade Federal de Catalão (UFCat) é instalada oficialmente

Instituição surge a partir da emancipação do campus da Universidade Federal de Goiás (UFG), instalado no município há 35 anos

Acompanhado ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva, o governador José Eliton instalou nesta segunda-feir a (21)  oficialmente a Universidade Federal de Catalão (UFCat), que surge a partir da emancipação do campus da Universidade Federal de Goiás (UFG), instalado no município há 35 anos.

Em discurso,  José Eliton destacou que a nova universidade trará “impactos profundos” para Catalão, para Goiás e para o Brasil. “Aqui celebramos o nascedouro da Universidade Federal de Catalão, e o início da futura Faculdade de Medicina”.

O governador ainda anunciou que o governo do Estado irá celebrar convênio de R$ 3 milhões com a Universidade Federal de Goiás (UFG), para serem repassados à nova universidade ali instalada. Com o ministro e o prefeito de Catalão, Adib Elias, o governador descerrou a placa de lançamento da pedra fundamental da Unidade Saúde, precursora da Faculdade de Medicina da nova universidade.

O ministro da Educação, Rossieli Soares,  assinalou que a região de Catalão já é referência em desenvolvimento no Brasil e agora será muito mais. Ele explicou que o “apadrinhamento” (termo usado quando uma instituição federal de ensino ajuda na consolidação de outra) será desempenhado pela UFG, que há mais de três décadas está presente com um campus no município.

Rosseli também explicou que a Universidade começa com a construção do prédio da Unidade de Saúde, que abrigará futuramente o curso de Medicina. Ele prevê que a consolidação definitiva da nova universidade ocorra no prazo máximo de três anos. Os recursos que atualmente são destinados pela UFG para o seu campus de Catalão serão utilizados para consolidação da UFCat.