ENSINO

UFG está entre as vinte melhores universidades do país, segundo RUF

Universidade ficou na 20ª colocação no Ranking Universitário da Folha. UFG também foi destaque no Enade, com 13 dos 17 cursos entre as maiores da avaliação


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 08/10/2019 às 18:15:56

Universidade ficou na 20ª colocação no Ranking Universitário da Folha (RUF) e foi destaque no Enade (Foto: Reprodução/UFG)
Universidade ficou na 20ª colocação no Ranking Universitário da Folha (RUF) e foi destaque no Enade (Foto: Reprodução/UFG)

Divulgado na última segunda-feira (7), o Ranking Universitário da Folha (RUF), que elege as melhores universidades do Brasil, colocou a Universidade Federal de Goiás (UFG) entre as vinte primeiras colocadas. Com a média 83,58, a UFG ficou na vigésima colocação, mesma posição conquistada em 2018. A universidade também foi destaque no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), com mais de 76% dos cursos com conceitos 4 ou 5 nas provas.

A avaliação RUF avaliou 197 institutos públicos e privados de ensino de todo o país. O ranking usa dados nacionais e internacionais e duas pesquisas de opinião do Datafolha, em cinco aspectos: pesquisa, ensino, mercado, internacionalização e inovação.

O RUF também traz uma avaliação de 40 cursos de graduação, com base em dois aspectos: ensino e mercado. Nesse ranking, alguns dos destaques da universidade são os cursos de Agronomia (10º), Medicina Veterinária (11º), Ciências Contábeis (13º) e Enfermagem (13º). Acesse aqui o ranking completo.

UFG destaque no Enade

Avaliada no mais recente Enade, a UFG teve 13 dos 17 cursos na faixa 4 e 5, as maiores da avaliação. O resultado Enade é calculado a partir do desempenho dos estudantes concluintes dos cursos de graduação, e foi divulgado na última semana pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Conquistaram nota 5 no Enade, os cursos de Administração, Direito, Publicidade e Propaganda, Jornalismo e Psicologia, todos do campus de Goiânia. Com nota 4, os cursos de Administração e Psicologia de Catalão, na agora UFCAT; Direito e Psicologia em Jataí, na agora UFJ; Direito em Cidade de Goiás e Ciências Contábeis, Ciências Econômicas e Relações Internacionais, na capital.

UFG está entre as vinte melhores universidades do país, segundo RUF

As informações sobre o exame estão disponíveis no site do Enade (Foto: Divulgação)

O Exame tem como objetivo avaliar o desempenho dos estudantes em relação a conhecimentos, competências e habilidades. Segundo Sandramara Matias Chaves, vice-reitora da UFG, esses resultados “demonstram a qualidade do ensino oferecido pela UFG, responsável pela formação de profissionais em diversas áreas”.

Em uma pesquisa divulgada nesta terça-feira (8), por exemplo, pesquisadores da universidade descobriram um composto capaz de economizar 75% de energia em celulares e TVs. Entre os benefícios do estudo está o aumento na durabilidade da bateria e redução nos gastos com energia elétrica.

Histórico

A reitoria da universidade reforça a importância do ensino público e gratuito, diante de diversos problemas que a UFG vem enfrentando. Em maio, o Ministério da Educação (MEC), bloqueou R$ 32 milhões da instituição, em recursos que seriam utilizados para a manutenção da instituição. Diante da situação, no mês passado estudantes ocuparam reitoria para protestar por melhorias na universidade. Em assembleia realizada no último dia 23 de setembro, o reitor da UFG, Edward Madureira Brasil, afirmou que “não sabe quanto tempo a universidade irá sobreviver” diante dos bloqueios.

Atualmente, mais de 30 mil alunos estão matriculados em 156 cursos de graduação da UFG. São mais de 10 mil alunos na pós-graduação e mais de 700 alunos na educação básica. A universidade realiza, anualmente, mais de 2 mil ações de extensão que contemplam mais de 500 mil pessoas além de publicar mais de 3 mil artigos nas principais revistas científicas do mundo.