Atentado

Turquia acredita que Estado Islâmico está por trás de ataque em boate

Autoridades determinaram que o atirador que matou 39 pessoas veio de um país da Ásia central, e que acreditam ser do Uzbequistão ou Quirguistão


Estadao Conteúdo
Estadao Conteúdo
Do Estadao Conteúdo | Em: 02/01/2017 às 08:26:04


As autoridades da Turquia acreditam que o grupo Estado Islâmico está por trás do ataque a uma boate popular em Istambul durante as celebrações de Ano Novo, de acordo com dois meios de comunicação do país.

Os jornais Hurriyet e Karar citaram nesta segunda-feira (2) autoridades de segurança não identificadas dizendo que as autoridades determinaram que o atirador que matou 39 pessoas veio de um país da Ásia central, e que acreditam ser do Uzbequistão ou Quirguistão.

A polícia também estabeleceu alta semelhança com o ataque no aeroporto de Ataturk em junho, onde morreram 36 pessoas, e está investigando se ambos os ataques foram realizados pela mesma célula do Estado Islâmico.

O atirador, que ainda está foragido, matou um policial e outro homem fora da boate Reina nas primeiras horas de 2017 antes de disparar contra as pessoas que estavam em uma festa no lado de dentro. Quase dois terços dos mortos eram estrangeiros, muitos do Oriente Médio.