Trio rouba caminhonete e bate veículo com vítima amarrada na carroceria

Suspeitos tinham intenção de abandonar dono do veículo em alguma região afastada quando bateram

Dois homens foram presos, nesta quarta-feira, suspeitos de roubar uma caminhonete, atropelar o dono e mantê-lo amarrado na carroceria, no município de Catalão, Sudeste de Goiás. Os homens, juntamente com um terceiro indivíduo, tinham a intenção de abandonar a vítima em alguma região afastada quando acabaram batendo o veículo num poste de luz. 

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a corporação foi acionada para atuar num acidente que teria ocorrido na rua da Praça Flor de Maio, em Catalão, na tarde desta quarta-feira. Chegando lá, os policiais se depararam com uma caminhonete Amarok batida contra um poste de luz. O que chamou a atenção da equipe é que o motorista do veículo estava amarrado e ferido na carroceria.

Ainda segundo a PM, os três indivíduos que estavam em posse da caminhonete haviam fugido do local do acidente, o que levou os policiais a deduzir que se tratava de uma tentativa de roubo. Quanto questionada, a vítima, que tinha a cabeça e o rosto sujos de sangue devido a um corte na testa, contou que estava em poder dos suspeitos desde a tarde da última terça-feira, por volta das 16h.

Veja o momento em que os suspeitos batem o carro e saem correndo:

O homem foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e conduzido ao hospital.

Drogas, roubo e atropelamento

Após atender a ocorrência do acidente, a PM foi novamente acionada, dessa vez por uma denúncia anônima dando conta do paradeiro dos autores do roubo da caminhonete. Uma equipe do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) seguiu para o endereço indicado na denúncia e, lá, encontrou dois dos suspeitos do crime.

Segundo a PM, havia vestígios de sangue na porta da casa, que os homens tentaram apagar jogando terra por cima. Questionados pelos policiais, os suspeitos deram a sua versão do ocorrido.

De acordo com a dupla, no dia de ontem eles estavam em companhia da vítima do roubo, fazendo uso de drogas e bebidas alcoólicas. Num dado momento, os suspeitos contam que pediram a chave da Amarok para pegar o celular de um deles, que teria ficado dentro do veículo. Conforme os suspeitos, quando o dono da caminhonete a ouviu sendo ligada, correu para fora e tentou pará-la, momento em que foi atropelado pelos criminosos.

Os homens relataram ainda que viram o dono da caminhonete desacordado e decidiram amarrá-lo e levá-lo na carroceria para algum lugar afastado e, lá, abandoná-lo. Porém, o plano foi frustrado pelo pela colisão com o poste.

Segundo a PM, a dupla foi conduzida para a delegacia. Já o terceiro envolvido ainda não foi localizado.