QUADRILHA

Trio que ficou com R$ 4.800 de vítima de golpe no Amazonas é preso em Goiás

Suspeitos de integrar quadrilha que age em todo o Brasil foram flagrados com dezenas de máquinas e cartões de crédito e débito


Aulus Rincon
Do Mais Goiás | Em: 07/01/2021 às 14:14:45

(Foto: Polícia Civil)
(Foto: Polícia Civil)

Três homens foram presos na região metropolitana de Goiânia suspeitos de integrar uma quadrilha que age em todo o Brasil aplicando o golpe do novo número. O trio foi localizado pouco tempo após sacar R$ 4.800, que foi repassado por uma vítima do golpe, que mora no Amazonas.

Foi após trocarem informações com policiais civis do Amazonas que agentes do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes (GREEF) da Deic chegaram aos suspeitos. Dois deles foram presos em Goiânia, um na Vila Alvorada, outro na Vila União, e o terceiro no Jardim Maria Inês, em Aparecida de Goiânia.

Durante as prisões, os agentes 17 máquinas, e 70 cartões de crédito e débito em nomes de outras pessoas que, suspeita-se, seriam usados para disseminar os valores obtidos com os golpes. “Um dos presos foi quem contatou os outros dois para que emprestassem a conta, e depois sacassem o dinheiro transferido por essa mulher que imaginou estava enviando dinheiro para uma das filhas”, descreveu o delegado Olemar Santiago, do GREEF, da Deic.

Assim como fez ontem seu colega delegado Cássio Arantes quando apresentou detalhes de uma prisão semelhante, Olemar Santiago voltou a alertar as pessoas para que jamais transfiram valores para contas desconhecidas, e que, ao receberem qualquer pedido pelo whatsapp, mesmo que o número esteja com a foto de algum parente ou desconhecido, tente falar com o solicitante pelo telefone antes de realizar qualquer transação. Os três presos, que não tiveram nomes, nem idade divulgados, foram autuados por estelionatos. A polícia tenta identificar agora outros integrantes da quadrilha.

(Foto: Polícia Civil)