DERFRVA

Trio é preso suspeito de roubo de veículos e tráfico de drogas, em Goiânia

Investigações tiveram início após um dos detidos roubar um veículo em agosto deste ano; em flagrante, duas mulheres também foram presas


Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 11/12/2018 às 15:55:10

Produtos apreendidos na prisão (Foto: João Paulo Alexandre/ Mais Goiás)
Produtos apreendidos na prisão (Foto: João Paulo Alexandre/ Mais Goiás)

Três homens foram presos suspeitos de roubarem veículos e traficarem de drogas em Goiânia na manhã desta terça-feira (11), por meio da Operação Actum, deflagrada pela Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA). Na ocasião, foram detidos Edson Souza de Araújo, Emerson de Souza Araújo e Willian de Sousa Lima.

Segundo o delegado Paulo Ludovico, as investigações tiveram início após o roubo de um veículo ocorrido em agosto deste ano no Setor Carolina Park, em Goiânia. Com levantamentos de informações, foi possível chegar a Edson, identificado como um dos participantes do assalto.

“Fizemos um levantamento no qual identificados um VW Gol, que na época era de Edson, e que teria sido utilizado no dia do assalto. Nesse mesmo período, encontramos postagem em site de revendas realizadas por Emerson, no qual havia colocado à venda pertences pessoais da vítima, assim como o vínculo de Willian em todo o processo”, destaca Paulo.

Willian foi preso em casa, no Residencial Real Conquista. Já Edson e Emerson foram detidos no Residencial Itaipu, setores localizados na região Sudoeste de Goiânia. Com eles, a polícia encontrou duas motos que estavam com as placas adulteradas, as legítimas placas dos veículos, porções de cocaína e maconha, um caderno de anotação com informações sobre tráfico, uma lixadeira e mais de R$ 2 mil reais em espécie.

“A lixadeira era utilizada para adulterar os principais identificadores dos veículo como chassi, placa e até mesmo o motor. No momento que cumpríamos as prisões preventivas, nós também detivemos em flagrante a companheira de Edson e sua cunhada” conta o delegado.

Segundo o delegado, todos são reincidentes no mundo do crime, principalmente por tráfico de drogas, com exceção de Emerson.

Motos que estavam com as placas adulteradas (Foto: João Paulo Alexandre/ Mais Goiás)