SUSTO

Trio é preso suspeito de roubar supermercado em Rio Verde; vídeo

O gerente do estabelecimento conseguiu anotar a placa da moto utilizada pelos suspeitos e informou à PM, que localizou os supostos autores


Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 27/10/2020 às 10:30:52

Três homens de 18, 19 e 22 anos (co-autor) foram presos suspeitos de roubar um supermercado, no Setor Vila Olinda, em Rio Verde. (Foto: divulgação/PM)
Três homens de 18, 19 e 22 anos (co-autor) foram presos suspeitos de roubar um supermercado, no Setor Vila Olinda, em Rio Verde. (Foto: divulgação/PM)

Três homens de 18, 19 e 22 anos (co-autor) foram presos suspeitos de roubar um supermercado, no Setor Vila Olinda, em Rio Verde. O crime ocorreu na noite da última sexta-feira (23) e os supostos autores foram detidos na manhã de segunda (26). O grupo utilizou armas de fogo para ameaçar os funcionários e clientes do local. A ação foi registrada por câmeras de segurança.

O crime ocorreu por volta das 20h da última sexta-feira (23). Na ocasião, os suspeitos entraram no supermercado com capacete na cabeça e armas em punho. Sob ameaça, eles levaram o celular de um funcionário, a carteira de um cliente e R$ 500 do estabelecimento.

As imagens mostram o momento que um dos homens ordena que as funcionárias peguem o dinheiro do caixa e o coloque em sacolas. Apesar do susto, ninguém ficou ferido. O gerente do supermercado, Raimundo Carmo Gomes, contou ao Mais Goiás que foram cerca de 30 minutos de tensão durante o assalto.

“Você fica sem ação, sem saber o que fazer. É uma situação muito desagradável“, afirmou. Segundo ele, esta é a 8ª vez que o local é alvo de assalto. “Trabalho lá há dois e foi a primeira vez que isso aconteceu comigo, mas já foram registrados roubos muitas outras vezes”, comentou.

A Polícia Militar (PM) foi acionada momentos após o crime. O gerente conseguiu anotar a placa da moto utilizada pelos suspeitos e informou à corporação. Após diligências por cerca de três dias, identificou e prendeu os supostos autores. Com eles, os militares encontraram as armas, vestimentas e moto utilizadas no crime.

De acordo com a corporação, todos os suspeitos possuem antecedentes criminais por delitos graves. Um deles, inclusive, possui alvará de soltura do dia 29 de setembro. Os envolvidos foram encaminhados à delegacia de Rio Verde, onde foram autuados por roubo e porte ilegal de arma de fogo.

Tópicos