Descontrole

Trio é preso suspeito de espancar técnica de enfermagem no HCamp de Catalão

A vítima teve ao menos um dos punhos quebrado e sofreu várias lesões na cabeça e nos braços; funcionária ainda foi derrubada e alvo de chutes


Eduardo Pinheiro
Do Mais Goiás | Em: 02/09/2020 às 08:59:27

Prontuários jogados no chão no Hospital de Campanha de Catalão (Foto: Reprodução)
Prontuários jogados no chão no Hospital de Campanha de Catalão (Foto: Reprodução)

Três pessoas suspeitas de envolvimento no espancamento de uma técnica de enfermagem, de 51 anos, foram presos na terça-feira (1), em Catalão, no Sudoeste do estado. De acordo com registro da Polícia Militar (PM), eles teriam se irritado com a demora no atendimento no Hospital de Campanha (HCamp) e acabaram agredindo a profissional, que teve um dos punhos quebrado.

O caso de violência ocorreu na noite de segunda-feira (31) quando uma mulher teria ido à unidade em busca de um exame de tomografia. Ao saber que não estava pronto, se irritou e atirou prontuários ao chão. Não contente, entrou, junto com o marido e o pai, dentro da cozinha da unidade e agrediu a técnica de enfermagem.

Segundo informações da prefeitura de Catalão, a profissional de saúde foi agredida no rosto, com chutes na cabeça e puxões de cabelo. A vítima teve um dos pulsos quebrado e várias lesões na cabeça e nos braços.

Após o ato, os agressores fugiram do local.

Versão

O governador Ronaldo Caiado se repreendeu o ato de violência em sua conta no instagram. Ao contrário do que informaram prefeitura e PM, a publicação aponta que a servidora ficou com dois punhos quebrados:

Prisão

A Polícia Militar foi, então, ao encalço do trio e acabou encontrando um deles, que foi autuado em flagrante. Os outros dois se apresentaram à delegacia de Catalão. Eles devem ser autuados pelos crimes de lesão corporal, desacato e dano ao patrimônio público.