Economia

Triagem de bagagem de mão no aeroporto de Goiânia começa nesta segunda-feira (13)

Além do Santa Genoveva, outros quatro aeroportos do país também passam a seguir padrão de peso, altura, largura e profundidade das malas


Larissa Lopes

Do Mais Goiás | Em: 13/05/2019 às 16:25:02


(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A partir desta segunda-feira (13) cinco aeroportos brasileiros passam a seguir um padrão para as bagagens de mão. Dentre eles, está o Santa Genoveva, em Goiânia. Além dele, Congonhas (São Paulo), Galeão e Santos Dumont (Rio de Janeiro) e Salgado Filho (Porto Alegre) integram a lista.

Para a bagagem ser considerada de mão e poder ser lavada dentro da cabine, ela deve se enquadrar nas seguintes medidas: 55 centímetros de altura, 35 centímetros de largura e 25 centímetros de profundidade. O peso máximo é de 10 quilos. Caso ultrapasse esses parâmetros, uma taxa é aplicada ao passageiro, que varia de R$ 59 a R$ 220.

De 24 de abril a 12 de maio os aeroportos passaram pelo período educativo, com os passageiros sendo apenas informados sobre as novas determinações acerca das malas. A partir desta segunda-feira, a cobrança passa a ser aplicada. Para isso, uma caixa será utilizada para medir se as bagagens estão ou não dentro das dimensões indicadas.

De acordo com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) a ação tem por objetivo reforçar as regras estabelecidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), desde março de 2017. Com isso, a associação espera agilizar o fluxo dos clientes e, assim, evitar atrasos.