Cidades

Três pessoas são detidas suspeitas de matar adolescente em Águas Lindas de Goiás

Ana Clara, 13 anos, estava desaparecida desde o feriado de Carnaval e foi encontrada morta no dia 11 de março. A motivação seria ciúmes e uma dívida


Kayque Juliano

Do Mais Goiás | Em: 20/03/2019 às 11:42:04


A vítima foi encontrada em estado avançado de decomposição(Foto: Reprodução/ G1 Goiás)
A vítima foi encontrada em estado avançado de decomposição(Foto: Reprodução/ G1 Goiás)

Duas adolescentes, de 13 e 14 anos, foram apreendidas e uma mulher, de 25 anos, foi presa em Águas Lindas, no Entorno do Distrito Federal. Elas são suspeitas de matar Ana Clara Santana da Silva, de 13 anos, que desapareu na quarta-feira de cinzas e foi encontrada morta seis dias depois em um lote baldio no município.

O Grupo de Investigação Homicídios (GIH) concluiu a investigação sete dias após o crime. Segundo a corporação, a motivação seria ciúmes e uma dívida que a adolescente teria com a mulher de 25 anos. A investigação apurou que as suspeitas decidiram assassinar a menina porque ela teria paquerado garotos que as autoras gostavam, além de dever uma delas.

Segundo a PC, Ana Clara saiu para uma festa de carnaval no último dia 6 de março e não retornou para casa. No dia 11, o corpo da adolescente foi encontrado em um lote baldio próximo a uma escola em estado avançado de decomposição. De acordo com as investigações, a garota foi agredida por meio de chutes e socos e, posteriormente, com pedradas na cabeça. Uma garrafa quebrada também foi utilizada para desferir golpes no pescoço da vítima.

Após o crime, a mulher foi para o Distrito Federal. As adolescentes permaneceram na cidade. Após a conclusão do caso, a Polícia Civil identificou as autoras e realizou a apreensão das menores na segunda-feira (18) e a prisão da mulher na terça-feira (19). As suspeitas foram autuadas por homicídio qualificado e estão encarceradas à disposição da Justiça.