Cidades

Trechos estratégicos das rodovias goianas são fiscalizados durante feriado

As ações serão concentradas nas rodovias que dão acesso a pontos turísticos, como a BR-153, BR-060 e BR-414; e em cidades com festas regionais e exposições agropecuárias


Bárbara Zaiden

Do Mais Goiás | Em: 20/06/2019 às 08:51:55


(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Na última quarta-feira (19) teve início a Operação Corpus Christi, que vai fiscalizar trechos estratégicos das rodovias federais com o intuito de reduzir a violência no trânsito. A ação Polícia Rodoviária Federal (PRF) segue até o domingo (23) e tem intuito de inibir comportamentos inadequados como ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e motoristas alcoolizados. Atenção especial será dada aos motociclistas, devido à vulnerabilidade deles no trânsito.

Em Goiás, as ações serão concentradas nas rodovias que dão acesso a pontos turísticos, como a BR-153/BR-060 (região metropolitana de Goiânia e acessos a Caldas Novas) e BR-414 (acessos a Pirenópolis e Corumbá). Nas cidades em que acontecem exposições agropecuárias e festas regionais alguns pontos estratégicos serão patrulados para coibir a embriaguez ao volante.

Corpus Christi 2018

No feriado de Corpus Christi do ano passado foram registrados 32 acidentes nas rodovias goianas, que deixaram 34 feridos três mortos. Dois atropelamentos e uma colisão traseira, que tiveram como resultado as mortes, aconteceram na quarta-feira, no sábado e no domingo.

Este ano, na quarta-feira, já foram registradas três mortes em rodovias da região metropolitana de Goiânia.

Restrição de tráfego

Como já é de praxe, o tráfego de bitrens, de cegonhas e de outros veículos com autorização especial de trânsito será restrito nos trechos de pista simples em determinados dias e horários. Nos dias e horários de maior movimento, esses veículos não poderão transitar, independentemente de estarem descarregados ou possuírem Autorização Especial de Trânsito (AET).

Os horários em que esses veículos não podem transitar são: quinta-feira (20), das 6h às 12h, e domingo (23), das 16h às 22h. O descumprimento desta proibição é considerado infração de trânsito, com multa de R$ 130,16. O objetivo é aumentar a fluidez do trânsito nas rodovias de pista simples, que constituem a maior parte da malha viária nacional.