Do Mais Goiás

TRE registra poucos problemas com urnas eletrônicas

Até o final da manhã deste domingo (2), aconteceram 49 ocorrências, seis delas na capital

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) informou no final da manhã deste domingo (2) que foram registradas até o momento 49 ocorrências em todo o Estado. De acordo com a Justiça Eleitoral, em Goiânia seis urnas apresentaram problemas e precisaram ser substituídas. Em todas as cidades goianas foram registrados 20 casos de substituição de urnas eletrônicas.

Segundo o TRE-GO, não houve até então qualquer caso considerado grave, que seria a necessidade de adotar a votação manual por falta de urnas substitutas.
As outras 29 ocorrências aconteceram pelo fato de uma das duas flechas das urnas eletrônicas apresentarem problemas, mas a substituição foi feita e não prejudicou a votação dos eleitores, informou a Justiça Eleitoral.

Sobre os crimes eleitorais, o TRE afirmou que ainda não há qualquer caso considerado grave registrado. Em Itapaci (GO), a votação acontece por meio de baterias de contingência instaladas nas urnas, já que a cidade está sem energia elétrica desde o sábado (1º).

Segundo o Tribunal, o município tem 43 seções eleitorais e conta com 80 baterias de contingência, além de 15 urnas para realizar qualquer substituição necessária. Essas baterias mantêm as urnas em funcionamento normal por até seis horas. Mesmo que a energia da cidade não volte até o final das eleições, às 17 horas deste domingo, o TRE informou que isso não prejudicará a votação.