Cinema

Travis Fimmel sobre Warcraft: ‘eu precisava de emprego’

Ator disse que não conhecia os jogos antes de fazer o teste

Cinema



O ator australiano Travis Fimmel só agora está começando a ser reconhecido com uma estrela de cinema. O motivo por trás disso é que há quatro anos ele estreia a série de sucesso Vikings, do History Channel, como o conquistador Ragnar Lodbrok. Ou seja: quando ele fez o teste para estrelar Warcraft, que estreia logo mais, ele era um ilustre desconhecido. Em entrevista ao Red Bulletin, ele disse que nunca jogou video games e não fazia ideia do que o filme se tratava. Sucinto, ele disse: “Eu precisava de emprego” e caiu na gargalhada. No filme, ele vive apenas o protagonista dos humanos, o herói Lothar.

 

Ele também disse que não esperava tantos efeitos especiais já que o filme é quase inteiramente filmado em cromaqui: “É uma forma muito diferente de atuar. Eu não fazia ideia do que eu estava me metendo. Às vezes você está conversando com ninguém, falando com o ar. É difícil e eu sou muito ruim nisso”. A declaração de Fimmel é bem diferente da de Robert Kazinsky, que faz o orc Orgrim no filme. Além de ser um fã hardcore dos jogos, ele disse na Comic-Con do ano passado que Warcraft salvou a sua vida durante um período de depressão suicida.

 

Mas todo esse tempo de trabalho valeu a pena. Segundo o THR, ele acaba de ser confirmado no filme Inversion, nova ficção-científica de Peter Segal. Ao site, o diretor disse que ama Fimmel e comparou o papel à Lawrence da Arábia: “Eu precisava do meu Peter O’Toole e o encontrei”. Não foram dados muitos detalhes sobre o longa que deve começar a rodar em setembro. Já Warcraft estreia no dia 2 de junho.