Do Mais Goiás

Trabalhadores da saúde protestam em frente à UPA de Senador Canedo

Manifestantes afirmam que não recebem salários há três meses e que faltam insumos e medicamentos

Trabalhadores da saúde protestam em frente à UPA de Senador Canedo
Trabalhadores da saúde protestam em frente à UPA de Senador Canedo

Um grupo de trabalhadores da saúde protestou na manhã desta terça-feira em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Senador Canedo, na região metropolitana de Goiânia. De acordo com os participantes, cerca de 60 pessoas estiveram presentes.

Organizadores do ato dizem que os funcionários contratados estão com salários atrasados. Além disso, faltam insumos e medicamentos. Um dos presentes, que não quis se identificar, afirmou que os trabalhadores estão sofrendo perseguição política. “Estamos sofrendo retaliação, porque o prefeito perdeu as eleições”.

Em uma live transmitida pelo Facebook, um dos manifestantes afirma que servidores estão há três meses sem receber salários. “Os servidores da saúde estão comendo o pão que o diabo amassou, porque não tem um posicionamento coerente por parte do poder público dessa cidade. Quero fazer uma pergunta ao secretário da saúde e ao prefeito Divino Lemes. Aonde é que está o dinheiro da saúde?”, concluiu.

Os trabalhadores ressaltaram também que muitas exonerações estão acontecendo e que, se os salários não forem pagos nesta quarta-feira (9), haverá uma nova manifestação na quinta (10).

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Senador Canedo afirmou que “o processo de pagamento referente aos salários dos prestadores de serviço terá início hoje e finalizará até amanhã (9)”.