Do Mais Goiás

Torcida do Atlético comemora boa fase do clube e provoca rivais

O grupo "Galera do Twitter" instalou outdoors pela cidade com a frase "Bem-vindo a Goiânia, cidade do único time goiano na Série A"

Foto: Reprodução/Galera do Twitter

O bom momento vivido pelo Atlético dentro de campo está se refletindo na torcida rubro-negra, tanto que os apaixonados pelo clube estão se juntando para comemorar e provocar os rivais. Ao final da Série A, o grupo de torcedores do time, a “Galera do Twitter”, se uniu e instalou outdoors pela cidade com a seguinte frase: “Bem-vindo a Goiânia, cidade do único time goiano na Série A”.

Os outdoors estão espalhados por três entradas da capital. Nas divisas com Aparecida de Goiânia, na BR-153, com Senador Canedo, na GO-020, e na chegada de Trindade, na GO-060. De acordo com um administrador do grupo, a ideia foi inspirada em outras torcidas pelo Brasil, que fizeram algo semelhante. A iniciativa amadureceu quando o time conseguiu a permanência na Série A, sendo que o rival Goiás foi rebaixado.

“A intenção é valorizar a grande campanha do Atlético, mas dar uma leve cutucada nos adversários da cidade”, disse um dos administradores do grupo “Galera do Twitter. A ideia foi bancada por uma vaquinha realizada entre os 150 membro do grupo e outras partes da torcida como “ACAD”, “Dragão Antifascista” e Dragão Chopp.

O administrador do grupo também fez questão de ressaltar não só a temporada atleticana, mas os últimos anos vividos pelo clube, que saiu da Divisão de Acesso do Goianão para a elite do futebol brasileiro. “Está sendo um momento mágico para os atleticanos, principalmente para os que acompanharam o clube na divisão de acesso do campeonato goiano no início dos anos 2000. Se tornar o principal clube do Centro-Oeste em tão pouco tempo era algo inimaginável”, disse.

A “Galera do Twitter” não é ativa apenas na torcida, o grupo, que foi formado em abril de 2020, também atua ajudando a população com alguns projetos sociais. “Nosso maior objetivo, além de levar o nome do clube para as periferias do nosso estado, é realizar ações sociais”, comentou o administrador, que mesmo com a pandemia, eles vem se movimentando para ajudar as pessoas.

“Em outubro doamos mais de 300 brinquedos e 200 litros de leite numa comunidade carente em Aparecida. No natal arrecadamos quase 1 tonelada de alimentos. Temos um projeto de valorização do futebol feminino, realizado às terças-feiras, mas que agora está suspenso por conta das restrições”, finalizou.