TJGO

Tiago Henrique passa por seu 18º júri por homicídio na próxima quarta

Ele será julgado pela morte de uma jovem de 18 anos que passava as férias em Goiânia



Serial Killer Tiago Henrique Gomes da Rocha (Foto: Aline Caetano / TJGO)
Serial Killer Tiago Henrique Gomes da Rocha (Foto: Aline Caetano / TJGO)

O vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha vai passar na próxima quarta-feira (26) por seu 18º júri por homicídio. A sessão, prevista para começar às 8h30 no 1º Tribunal do Júri de Goiânia, vai analisar os fatos referentes ao assassinato de Edimila Ferreira Borges, ocorrido em 19 de agosto de 2013.

Edimila tinha 18 anos e foi morta com um tiro na cabeça em uma praça do Setor Parque Industrial Braz, em Goiânia. Ela estava sentada em um banco com uma prima, de 11 anos, quando homem em uma motocicleta se aproximou e pediu o celular delas. Antes que as garotas pudessem pegar os aparelhos, porém, o assassino disparou e fugiu em seguida.

A vítima era natural de Montividiu, município do sudoeste do Estado, mas morava em São Desidério. Ela passava as férias em Goiânia.

A decisão de pronúncia foi proferida pelo juiz Jesseir Coelho de Alcântara, no dia 18 de setembro de 2015, contrariando parecer do Ministério Público do Estado de Goiás, que se posicionou pela impronúncia.

Tiago Henrique já foi condenado por 16 homicídios, por dois assaltos comtidos a uma mesma agência lotérica no Centro de Goiânia e por porte ilegal de arma. Suas penas somam 403 anos e dez meses de prisão.