Crítica

Thiago Peixoto cobra mais coerência de Caiado

Deputado fez uma defesa de Marconi Perillo, que foi criticado pelo senador por estar com uma agenda de reuniões com prefeitos


Thais Lobo
Do Mais Goiás | Em: 16/03/2017 às 15:27:56

Para o deputado federal Thiago Peixoto, Caiado é especialista em fazer críticas. (Foto: Divulgação)
Para o deputado federal Thiago Peixoto, Caiado é especialista em fazer críticas. (Foto: Divulgação)

O deputado federal Thiago Peixoto (PSD-GO) usou a tribuna da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (16) para cobrar mais coerência do senador Ronaldo Caiado. Para o deputado, Caiado é coerente em apenas uma coisa: criticar e falar mal de todo mundo. Thiago fez uma defesa de Marconi Perillo, que foi criticado pelo senador por estar com uma agenda de reuniões com prefeitos, desde o início do ano, para firmar parcerias administrativas. Para o deputado federal, na visão caiadista, se ele faz é certo e, se Marconi faz, é reprovável.

Thiago cita, como exemplo, a ida de Caiado a Rio Verde na semana passada, acompanhando o ministro da Educação, Mendonça Filho. “Ele reuniu prefeitos e garantiu investimentos em Educação para eles. Nada de errado nisso. Agora, por que se o senador Caiado faz isso e está correto, de atender os prefeitos, e o governador Marconi Perillo faz e é errado? Falta autocrítica”, destacou Thiago. O parlamentar refletiu que não podem ser dois pesos e duas medidas. “Tem que tomar cuidado para não criticar uma ação e fazer uma ação muito parecida logo em seguida”, disse.

Para o deputado federal, Caiado é especialista em fazer críticas. Mas apenas críticas destrutivas, o que demonstra sua incapacidade de construir e de propor soluções. “Nós aceitamos as críticas, mas que sejam, no mínimo, coerentes. Como eu disse, o senador está sendo coerente porque ele fala mal de todo mundo. Agora, na política, para se avançar, tem que se ter propostas para construir. Não adianta querer só desconstruir por meio da crítica. E fica aqui o desafio para o senador Caiado: o de que ele apresente ideias e sugestões para ajudar a construir um Estado melhor, um Brasil melhor, não somente criticando e batendo, mas apresentando propostas”, acrescentou.

Um dos pontos criticados por Caiado foi uma suposta utilização de recursos da venda da Celg para beneficiar os municípios. Thiago destacou que o dinheiro da venda da energética será utilizado para um plano de investimentos de R$ 3 bilhões, enquanto o dinheiro que chegará aos municípios faz parte do superávit que o governo alcançou por conta do ajuste fiscal que vem sendo feito desde 2015. O deputado federal entende que é justo e republicano que os recursos sejam distribuídos por todas as cidades, independente da coloração partidária.

Thiago lembrou que a trajetória de Goiás sob a administração de Marconi Perillo é muito positiva. No início desse ano, por exemplo, o estado registrou o segundo maior crescimento industrial em todo o país. Para o deputado, trata-se apenas mais um resultado favorável em tanto que já foi feito. “É importante dizer também que, durante as gestões de Marconi Perillo, Goiás multiplicou por nove o seu PIB. Nós somos um Estado que está dando certo”, reforçou.