FolhaPress

“The Big Bang Theory” termina o ano como a comédia multicâmera mais longeva da história

Produção foi uma das mais vistas dos Estados Unidos em 2018

“The Big Bang Theory” foi uma das produções mais vistas dos Estados Unidos em 2018, e começa este ano com a sua 12ª temporada, a última da série. Com o seu fim, ela se torna, ainda, a comédia americana multicâmera de maior longevidade na TV americana, segundo informou o site americano Bloomberg.

As comédias consideradas multicâmera são as filmadas em frente a uma plateia ao vivo. “Seinfeld”, que teve nove temporadas ao longo dos anos 1990, e “Caras e Caretas”, que teve sete temporadas na década de 1980, estão nesta categoria.

Criada por Chuck Lorre e Bill Prady, a série estreou em 2007 sem muitas expectativas, e termina a sua trajetória como a segunda comédia mais vista do ano, após apenas do ‘remake’ de “Roseanne”, sucesso dos anos 1990.
Entre prêmios Emmy e Globos de Ouro, “The Big Bang Theory” venceu 68 das 231 indicações, segundo dados do site IMDB.

A série tem sido âncora da CBS e o seu término forçará a rede de TV a buscar um novo sucesso. A CBS e os estúdios da Warner Bros, que produzem a série, já criaram um spin-off (criação derivada da original) “Young Sheldon”, que trata da infância do protagonista da série, vivido pelo ator Jim Parsons, 45.

No Brasil, além do canal Warner, a série também poderá ser vista por assinantes da Globoplay. Ainda não há data de estreia, mas “The Big Bang Theory” está na lista de compras da plataforma de streaming da Globo.

Enquanto a série só cresceu nos últimos anos – e seus atores puderam pedir aumento de salário a cada nova temporada – a Warner fez uma pequena fortuna vendendo os direitos autorais com reprises.  A última temporada estreou no dia 24 de setembro.  A 12ª e última safra do programa enfatiza a vida de recém-casados de Sheldon (Jim Parsons) e Amy (Mayim Bialik).