Clima tempo

Tempo seco requer mais cuidados com a saúde

A baixa umidade relativa do ar e a poeira são uma combinação perigosa para a saúde das pessoas, contribuindo para que as doenças respiratórias aumentem





//

O tempo seco e quente está castigando a população de Goiânia. Nesta época é preciso proteger a saúde redobrando os cuidados para não se desidratar e para evitar doenças respiratórias. A infectologista e diretora técnica do Hospital de Doenças Tropicais (HDT), Letícia Aires, explica que a orientação mais importante é beber muito líquido durante todo o dia. “Também manter as vias aéreas hidratadas, pingando soro no nariz”.

A baixa umidade relativa do ar e a poeira são uma combinação perigosa para a saúde das pessoas, contribuindo para que as doenças respiratórias aumentem, principalmente para quem tem alguma alergia respiratória. Os males mais comuns nessa época são virose, sinusite, asma, rinite e bronquite, entre outros. Ainda o tempo seco favorece o aparecimento de doenças de pele.

Letícia ressalta que as crianças e os idosos são os que mais sofrem nessa época porque têm a imunidade mais baixa, mas que medidas simples podem ser tomadas para amenizar esses problemas. Uma toalha molhada no quarto quando for dormir ou o uso do umidificador já ajudam bastante.

Também é importante deixar os espaços com portas e janelas bem abertas, para que o ar circule, além de evitar lugares fechados com muitas pessoas, porque as doenças virais são transmitidas com mais facilidade. Outro cuidado é ao praticar atividades físicas, devendo evitar exercitar entre 10 e 16 horas.

UMIDADE EM BAIXA

De acordo com a superintendente de Políticas e Programas da Secretaria de Desenvolvimento (SED), Rosidalva Lopes, a tendência para esta semana é que a umidade do ar varie entre 16% e 20%. As temperaturas continuarão altas até no final do mês. Nesta quinta-feira, dia 27, e sexta, 28, há a probabilidade de pancadas de chuvas, principalmente, nas Regiões Sul e Oeste do estado. “Vai amenizar um pouco o calor, mas será chuva bem rápida”. A umidade do ar ideal é acima dos 60%.

Tópicos