FolhaPress

Técnica em enfermagem da linha de frente morre de covid esperando UTI em SP

Ela tinha apenas 38 anos e morreu na cidade de Paulo de Faria

Técnica em enfermagem da linha de frente morre de covid esperando UTI em SP
Técnica em enfermagem da linha de frente morre de covid esperando UTI em SP (Foto: Reprodução/Facebook)

A técnica em enfermagem Mirian Cristina Rodrigues Machado Gomes, de 38 anos, morreu na segunda-feira (20), em Paulo de Faria (SP), enquanto aguardava uma vaga numa UTI-covid da região, que fica a 540 km da capital.

Ela trabalhava no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e estava atuando na linha de frente do combate ao coronavírus na cidade. Os primeiros sintomas de Mirian foram sentidos na semanada passada e, na sexta-feira (19), ela foi internada na Santa Casa de Paulo de Faria, cidade de menos de 9 mil habitantes.

Por se tratar de um município pequeno, não há leitos de UTI-covid e os pacientes precisam ser transferidos para outras cidades na região de São José do Rio Preto (SP). Com a taxa de ocupação próxima dos 100%, não houve disponibilidade de vagas para a técnica de enfermagem conseguir transferência.

“Ela trabalhava na Santa Casa, na ambulância do Samu, por isso a gente tinha contato muito próximo. É uma tristeza”, disse ao UOL a Secretária de Saúde da cidade, Valéria Gonçalves Faria, que está em quarentena por ter sido diagnosticada com covid-19.

Valéria explica ainda que Mirian foi diagnosticada durante a semana passada. “Ela teve os primeiros sintomas, foi ao médico, que confirmou a doença, e ficou uns dias em isolamento domiciliar, mas piorou e teve de ir ao hospital da cidade”.

A Secretária explica que o município, por ser pequeno, não tem leito de UTI e conta com apenas um respirador. Ela diz ainda que, neste momento, há um paciente aguardando transferência para hospitais da região.

Com covid-19, Valéria conta que está melhorando. “Estou hoje no décimo dia de isolamento e já bem melhor, os sintomas diminuíram”, comemora. Ela também revela que há outro funcionário internado com a doença. “Temos um enfermeiro, mas graças a Deus, ele está reagindo ao tratamento”.

A prefeitura de Paulo de Faria emitiu nota lamentando a morte da funcionária. “Perdemos ontem uma combatente na batalha travada contra a Covid-19, que doou sua vida pela vida do próximo. A Prefeitura Municipal e todos os paulofarienses estão de luto! Aos que trabalham com a colega, aos que a conheciam, sabem que era uma pessoa muito dedicada e querida! Sentimentos profundos de pesar à família e a toda equipe de saúde”, diz o texto.

Mirian foi enterrada ontem no Cemitério Municipal de Paulo de Faria e não houve velório, por conta dos protocolos sanitários estabelecidos em casos de morte por covid-19.