Tarifa do transporte coletivo pode subir para R$ 4

A proposta foi aprovada pelo conselho regulador da AGR e pode ser confirmado em reunião da CDTC na próxima semana

A decisão final em relação ao reajuste no preço da passagem do transporte coletivo na Região Metropolitana de Goiânia deve ser tomada na próxima semana em reunião da Câmara Deliberativa de Transportes Coletivos (CDTC), que é presidida pelo prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (PMDB).

O aumento de R$ 3,70 para R$ 4 já foi aprovado pelo Conselho Regulador da Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR). A reportagem do Mais Goiás entrou em contato com o presidente da CDTC, mas a assessoria do prefeito informou que o documento aprovado pela AGR ainda não foi analisado por Mendanha, o que deve acontecer apenas na próxima semana.

A CDTC é um órgão colegiado que constitui o Poder Concedente, composto por representantes do Estado de Goiás, da Prefeitura de Goiânia e dos municípios que compõem a Região Metropolitana de Goiânia. O órgão é responsável pela formulação das políticas públicas do setor.

O último reajuste na tarifa do transporte coletivo aconteceu em fevereiro do ano passado, quando o preço passou de R$ 3,30 para R$ 3,70.