Ritmo acelerado

TAC prevê ampliação do HDT em 180 dias

Acordo feito entre MP-GO e governo de Goiás tem o objetivo de aumentar os leitos para enfrentar a pandemia do coronavírus


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 03/04/2020 às 19:26:27

MP-GO, Goinfra e SES se reúnem para discutir a ampliação do HDT. (Foto: Divulgação / MP-GO)
MP-GO, Goinfra e SES se reúnem para discutir a ampliação do HDT. (Foto: Divulgação / MP-GO)

A ampliação do Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT) deve ser concluída dentro de 180 dias. É o que diz um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre o Ministério Público de Goiás (MP-GO) e o governo do Estado. O prazo foi estabelecido em virtude da necessidade de ampliação dos leitos disponíveis em decorrência da pandemia do coronavírus.

O TAC envolve a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a Agência Goiana de Infraestrutura e Transporte (Goinfra). As pastas ficarão responsáveis pela execução da obra, enquanto o MP-GO irá fiscalizar o andamento e o cumprimento do prazo estabelecido.

O promotor de justiça responsável pelo acordo, Marcus Antônio Ferreira Alves, afirmou que o HDT é uma referência em atendimentos de média e alta complexidade. Por esse motivo, a ampliação da unidade é importante no enfrentamento da pandemia.

“Estamos estabelecendo ações responsáveis e com prazo determinado. É uma verdadeira operação de guerra contra o coronavírus. O HDT precisa dar início imediato às obras, sob pena de comprometer o já caótico sistema público de saúde no combate à pandemia”, disse o promotor.

Com a ampliação da unidade estão previstas as instalações de 30 leitos de isolamento. Serão construídas também seis Unidades de Terapia Intensiva (UTI) pediátricas e 20 adultas, além da reforma das já existentes. Além disso serão disponibilizadas, também, estruturas como lavanderia, Central de Material Esterilizado (CME), necrotério, caldeira, central de resíduo, farmácia, reformada a cozinha e sistemas de ar-condicionado.

Com informações de MP-GO

Tópicos