Economia

Tabela de preços mínimos de frete é tiro no pé, diz presidente da FPA

A publicação da tabela, via Medida Provisória (MP), foi uma das exigências dos caminhoneiros para o fim da paralisação das duas últimas semanas.


Estadao Conteúdo
Estadao Conteúdo
Do Estadao Conteúdo | Em: 05/06/2018 às 17:38:17


A presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputada federal Tereza Cristina (DEM/MS), diz que a tabela de preços mínimos de frete para o transporte de carga é um “tiro no pé” dos caminhoneiros autônomos. Para a deputada, a medida deve encarecer o transporte. A publicação da tabela, via Medida Provisória (MP), foi uma das exigências dos caminhoneiros para o fim da paralisação das duas últimas semanas.

Tereza Cristina disse que a FPA é contra a tabela, mas não deve agir para derrubar a MP, já que participou das negociações para o fim das paralisações junto ao governo. A deputada afirmou, no entanto, que diversas Ações Diretas de Inconstitucionalidade (Adins) estão sendo preparadas por representantes do setor para serem apresentadas ao governo.

A comercialização de grãos está parada no País. Produtores e empresas estão avaliando a alta nos custos. “Não é possível ações que travem o campo”, disse a deputada.

Tópicos